Sociedade Civil Organizada de Cabedelo repudia voto de repúdio da Câmara contra Ernestinho representante da ACICA

A Câmara Municipal de Cabedelo aprovou na última sessão ordinária, requerimento da bancada do prefeito na casa, propondo VOTO DE REPÚDIO ao professor e ativista social Ernesto Luiz (Ernestinho), representante da Associação para a Cidadania de Cabedelo (ACICA), por seu envolvimento e mobilização da sociedade contra o projeto de duplicação da Rodovia BR230, conduzido pelo DNIT, e que pretende derrubar parte de algumas residências no perímetro urbano da cidade portuária paraibana.
O assunto repercutiu na Câmara, nas redes sociais, na imprensa e nas reuniões dos segmentos organizados da cidade, depois que a ACICA mobilizou moradores e convidou as autoridades municipais, estaduais, MP, OAB e o DNIT para discutir o projeto e os impactos dele na sociedade, principalmente, aos moradores da BR, precisamente do KM 0 ao 2.
A gestão municipal e sua bancada na Câmara, assim como o DNIT, não compareceram para debater com os moradores, ACICA, OAB e MP no dia da reunião. E convocou uma outra na sede do órgão apenas para as autoridades e alguns representantes, excluindo os maiores interessados, os moradores.
Se posicionando contrario a demolição das residências e em nome do controle social da cidade, os representantes da ACICA, solicitaram entre outros documentos, os estudos de impacto ambiental da obra e foram hostilizados na reunião, provocando inclusive, a saída do Pe. Norberto do local. Ernestinho teria trocado insultos com o prefeito Leto Viana na reunião e, isso, foi o bastante para que sua bancada na Câmara requeresse e aprovasse o tal voto de repúdio.  
“A gestão municipal está alinhada ao DNIT e visam tão somente os interesses econômicos e empresariais em detrimento dos interesses dos moradores que serão prejudicados. Também confundem controle social com oposição ao governo. Além disso não apresentaram até o momento, os estudos de impacto ambiental da obra. Vamos ajuizar a questão para que a justiça decida. E quanto ao repúdio dos vereadores, isso é uma piada” disse Ernestinho.
A sociedade civil organizada de Cabedelo posiciona-se ao lado da ACICA e dos moradores. E nas redes sociais o ato legislativo foi ridicularizado. Alguns cidadãos e entidades cabedelenses propuseram inclusive, VOTO DE REPÚDIO da sociedade a gestão municipal e os vereadores da bancada do prefeito que gastou 800 mil na construção da calçadinha mesmo sabendo que seria destruída.
Nossa reportagem não conseguiu falar com a gestão municipal, Câmara e nem com o DNIT. Este espaço está aberto para suas versões dos fatos aqui publicados, se assim desejarem.
Texto e Foto: Aguinaldo Silva e Daniel Mendes
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger