CPI que apura irregularidade na Câmara de Cabedelo tem relatório final aprovado e aponta desvio de R$ 8 Milhões na gestão anterior

Aprovado por unanimidade, o relatório da 1ª CPI que chega ao final na história da Câmara de Cabedelo, seguirá agora para o Ministério Público.
Criada pelo Ato nº 10/2017 da atual Mesa Diretora e solicitada por todos os vereadores desta legislatura, a CPI que apurou irregularidades na gestão anterior da mesa diretora da Câmara de Cabedelo, apresentou na última quinta-feira 28/09, o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito.
O relatório foi elaborado pelo relator vereador Junior Datele e, depois de lido,  foi aprovado pela unanimidade dos membros, vereadores Antônio do Vale e Rogério Santiago.
Segundo o relatório, as investigações apontam que o ex-presidente da Câmara Municipal de Cabedelo, Lucas Santino, desviou pelo menos R$ 8 milhões dos cofres públicos entre os anos de 2013 e 2016.  O ex-gestor responderá por lavagem de dinheiro, improbidade administrativa, associação criminosa, fraudes em licitações, prevaricação, dentre outros crimes.
A CPI constatou envolvimento de familiares e assessores no esquema de desvio de recursos públicos. Segundo as investigações, no “apagar das luzes” do mandato de Lucas, a Câmara endossou um cheque no valor  de R$ 392 mil a uma empresa, dos quais R$ 226 mil foram depositados na conta de um membro da família do ex-parlamentar.
Para o relator, vereador Júnior Datelle, "a CPI cumpriu seu papel ao apresentar a Câmara, a sociedade e, posteriormente, ao Ministério Público, um relatório imparcial, cuidadosamente preparado para que os fatos constatados sejam aprofundados pelo MP e os culpados sejam punidos, para que práticas iguais a estas não sejam mais toleradas em Cabedelo". Disse Júnio Datelle, acrescentando que até empresas fantasmas foram constatadas como prestadora de serviços na Câmara na gestão do Santino.
O presidente da CPI, Antônio Vale, destacou o trabalho realizado ao longo de seis meses que resultou na comprovação dos crimes praticados por Lucas Santino e outros. Ele adiantou que a Comissão pedirá o indiciamento do ex-presidente Lucas Santino e de outros envolvidos.
“Foram mais de R$ 8 milhões de desvios realizados nos últimos anos, a Câmara perdeu com isso. Agora, estamos podendo trazer para conhecimento de todos os parlamentares e da sociedade de Cabedelo o que ocorreu na Legislatura passada na Câmara Municipal e buscar que esse montante sejam devolvido para os cofres públicos e, diga-se de passagem, não é os cofres da Câmara e sim da prefeitura e que será investidos em ações para toda a coletividade”, disse Antonio do Vale.
Da Redação com informações de Francisco Júnior

Foto: Internet
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger