O governador Ricardo e Cida Ramos da SEDH inauguram o Centro Público EcoParaíba e lança edital para empreendimentos da Economia Solidária

O governador Ricardo Coutinho inaugurou, o Centro Público Estadual de Economia Solidária (EcoParaíba), em João Pessoa, e lançou o Edital de Chamada Pública para selecionar empreendimentos de Economia Solidária. O EcoParaíba é um espaço multifuncional que vai agrupar a capacitação, assessoramento e comercialização de produtos da agricultura e do artesanato paraibano. O ambiente vai contemplar também balcões de negócios da economia solidária, stands de vendas da agricultura familiar de base agroecológica e outros produtos. A entrega da obra faz parte da programação elaborada pelo Governo do Estado em comemoração ao aniversário de 432 anos de João Pessoa.
Para o governador Ricardo Coutinho, a economia solidária é uma alternativa na qual as pessoas podem, juntas, produzir mais e melhor. “Esse é um ramo em que o Governo do Estado acredita e colabora para seu desenvolvimento. O EcoParaíba é importante para a agricultura familiar, para o artesanato, para os catadores de materiais recicláveis, tanto para a comercialização como para a qualificação de mão de obra. Portanto, trata-se de uma iniciativa essencial para a formatação de negócios dentro deste segmento”, pontuou.
No local, o governador visitou uma feira agroecológica (alimentos sem agrotóxicos), além de uma exposição de produtos do artesanato, agricultura familiar e materiais recicláveis de vários municípios do Estado. “Queremos estimular cada vez mais a produção da agricultura familiar com qualidade e gerando renda para a população. Por isso, estamos inaugurando este espaço em homenagem ao companheiro da luta popular Pedro Belarmino, que se preocupava muito com as causas sociais”, enfatizou.
De acordo com a secretária de Desenvolvimento Humano, Cida Ramos, na Paraíba há três Unidades de Economia Solidária, uma em Sapé, outra em Pombal e agora em João Pessoa. “Além das unidades que já entregamos, em breve teremos, também, essas lojas em Soledade e Sumé, elevando a qualidade de vida dos agricultores e artesãos. Essa ação contribui muito para a geração de emprego e renda. Estamos dando oportunidades para os segmentos que mais precisam de apoio. Dessa forma, eles podem produzir coletivamente. Isso é só uma etapa do muito que ainda vamos realizar até o fim desta gestão”, garantiu.
“O Centro Público vai funcionar de segunda a sexta-feira e com uma equipe especializada para o atendimento aos empreendedores e consumidores. Esse espaço será uma vitrine da economia solidária e da agricultura familiar. Queremos com isso fortalecer a economia solidária e ajudar estes trabalhadores. Também estamos lançando um edital para ocupação desse Centro Público e a partir de amanhã as pessoas já podem inscrever seus empreendimentos”, explicou a secretária executiva de Segurança Alimentar e Economia Solidária, Ana Paula Almeida.
O Edital disponibiliza 50 vagas direcionadas aos Empreendimentos da Agricultura Familiar (beneficiamento de alimentos), Artesanato, Finanças Solidárias e atividades com Catadores de Resíduos Sólidos. Depois de selecionados todos irão participar das atividades promovidas pelo Centro Público Estadual de Economia Solidária (EcoParaíba). O Edital estará disponível a partir desta sexta-feira (1) no portal do Governo do Estado.
“Quando falamos em economia solidária, estamos tratando de um setor em crescimento em todo o país e que tem o apoio do Ministério do Trabalho. Parabenizo a iniciativa do Governo do Estado em incentivar este setor produtivo. Tenho certeza que este Centro Público EcoParaíba vai gerar bons frutos para o Estado”, afirmou o representante do Ministério do Trabalho, Higino Brito.
O Centro Público EcoParaíba homenageia Pedro Belarmino, conhecido como Pedão, paraibano que se destacou pela atuação junto aos movimentos sindicais e associações agrícolas. “Quero agradecer essa honrosa homenagem feita a Pedro. Ele sempre se envolveu nas lutas sociais e lutou muito pelo desenvolvimento dos trabalhadores da agricultura. Foi uma merecida lembrança do Governo do Estado”, falou a irmã do homenageado, Maria do Socorro dos Santos.
“Faço parte de uma cooperativa que trabalha com frango, ovos caipira e polpa de frutas. Esse espaço foi muito importante para a agricultura familiar, porque agora temos um ponto fixo e bem central para comercializar nossos produtos. Espero que as vendas aumentem e, consequentemente, a produção também cresça. O EcoParaíba ficou lindo”, comemorou a produtora familiar Kaeline Alencar.
Da Redação com informações e texto da Secom-PB
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger