CPI da Câmara de Cabedelo descobre que R$ 200 mil foram parar na conta da mãe de Lucas Santino no apagar das luzes de sua gestão

O ex-presidente da Câmara Municipal de Cabedelo, Lucas Santino, do PMDB, está sendo acusado de no dia 28 de dezembro de 2016, faltando dois dias para terminar sua gestão à frente da Câmara, transferir R$ 226.000,00 para a conta de sua mãe.
As informações foram prestadas pela Caixa Econômica Federal à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga irregularidades na gestão de Santino à frente da Câmara de Vereadores do município na última sexta-feira (14), em mais uma reunião da Comissão.
Na 20ª Reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito que apura irregularidades na gestão passada da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Cabedelo, instalada em determinação prevista no Requerimento 035/2017, foi apurado que R$ 226 mil reais dos R$ 345 mil pagos a empresa Nordeste Galpões em dezembro de 2016 no “apagar das luzes” da gestão do ex-presidente Lucas Santino foram depositados na conta corrente de sua própria mãe, Ana Maria Santino da Silva.
A informação foi repassada a imprensa pela CPI e consta no ofício nº 051/2017/AG, expedido pela Caixa Econômica Federal, remetido a comissão. Segundo a CEF, os cheques nºs 902341, 902351, 902319, 902320, 902321, 902338 expedidos para a referida empresa, foram depositados no dia 28/12/16, na conta nº 2521-9 de propriedade da genitora do ex-presidente da Casa.
As denúncias são gravíssimas uma vez que não há contrato celebrado na Câmara com a empresa citada, nem tampouco registro da licitação vencida por ela, ou mesmo, comprovação do serviço prestados.
Ainda, é de se espantar que uma suposta “empresa contratada” pela Câmara Municipal deposite quase 70% do seu pagamento na conta da mãe do seu contratante, faltando apenas dois dias para terminar sua gestão à frente do Poder Legislativo.
O que se tem de concreto são apenas os vultuosos pagamentos realizados a uma empresa que, segundo os membros da CPI apuraram, é possível que se trate de uma empresa “fantasma”, já que não funciona em sua sede indicada e registrada na Receita Federal e sequer seus proprietários foram encontrados para prestarem os esclarecimentos sobre tudo já apurado.

O assunto repercutiu na imprensa paraibana e deixa indignado os pacatos moradores cabedelenses que, espera ver moralizado o poder publico local, nas três esfera: executivo, legislativo e judiciário. Este ultimo, complacentes com os sucessivos desmandos praticados por políticos desta cidade (lixo superfaturado, compra das bestinhas, roubo do governo Júnior, renuncia inexplicável de Luceninha), sem que o mesmo se manifeste.
Redação com assessoria da CPI
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger