Classe artística de Cabedelo protestam nas ruas pela reabertura do Teatro fechado desde 2015 pela gestão municipal

 
Indignados com o fechamento do Teatro Santa Catarina que, desde 2015 foi desativado pelo governo Leto para reforma do prédio, agentes culturais de Cabedelo saíram as ruas da cidade para protestar contra a falta de apoio para o fazer cultural e contra o desmantelamento da política de cultura construída ao longo dos últimos 15 anos pela classe artística cabedelense e o poder público local.
A concentração dos artistas aconteceu em frente ao teatro local, em seguida caminharam até o Cabedelo Clube, onde se reuniram com o Secretário Estadual de Cultura, poeta Lau Siqueira, visando encontrar solução para a paralisia cultural da cidade que, mesmo dispondo de um invejável orçamento anual da ordem de R$ 2 milhões e meio, usa 90% desses recursos apenas para pagamento de pessoal que a classe afirma não serem da cidade.
Além do fechamento do teatro e da biblioteca municipal, os artistas denunciam uma total falta de apoio do poder público local ao fazer cultural da cidade. Atividades como a Nau Catarineta, Banda de Música 12 de dezembro, a Lei de incentivos a cultura, os grupos de cultura de raiz, Movimento Cultural Renascer, Musipoc, Lapinha Jesus de Nazaré, Xaxado Infantil do Renascer, Coco do Mestre Benedito, Capoeira do Mestre Adeilson, e as tradicionais paixões de cristo que sempre foi realizada pelos Grupo de Teatro Amador Padre Alfredo Barbosa - GTAAB, no Centro. E, Korpalmart Cultura Popular/MCR, no Renascer, foram renegados a total falta de apoio.

A cidade de Cabedelo tem quatro grupos folclóricos que perpetuam as tradições populares. São eles, por ordem de fundação: Nau Catarineta (1910), Lapinha de Jesus de Nazaré (1974), o Grupo Folclórico Coco de Roda e Ciranda Mestre Benedito (1976) e Boi Formoso (1996). Estes, se não fosse a dedicação de seus condutores, já teriam desaparecido.

"E o Conselho de Cultura?" perguntou um artista local na reunião. "Conselhos, aqui em Cabedelo nenhum deles funciona a contento, apenas o tutelar e de saúde, mesmo assim de forma capenga. O prefeito só recebe conselhos de sua digníssima esposa que por sinal, como vereadora, participa de todas as atividades do executivo numa atitude desesperada de firmá-la como candidata a deputada ou sucessora do marido", respondeu outro indignado.

Texto: Aguinaldo Silva
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger