Cláudio Lucena se articula com as lideranças de oposição de Cabedelo e se coloca como mais uma opção a prefeitura nas eleições de 2016

Após exercer os mandatos de vereador e vice-prefeito em Cabedelo (cidade portuária paraibana) e conhecer de perto a atual situação administrativa e operacional da cidade, o empresário Cláudio Lucena já admite entrar na disputa municipal em 2016.
Cláudio revelou na imprensa que o que se torna cada vez mais claro é que a população já não aguenta o modelo atual de gestão do município que, segundo ele, tem rejeição de 71% dos moradores, conforme pesquisas recentes.
Para Cláudio, Cabedelo necessita de um novo modelo político-administrativo responsável, com foco no resultado, que priorize políticas públicas de qualidade e voltado para a população.
“Há quinze anos estou imbuído desse sentimento de ajudar a construir um novo modelo político-administrativo para nossa cidade. Fui vereador com Dr. Junior quando iniciei na vida pública, mas com um ano passei a não mais apoiar o modelo que fugia totalmente ao proposto, permanecendo sozinho na oposição da Câmara, contra quatorze vereadores de situação, na época. Também por essa razão fui escolhido vice-prefeito da chapa de oposição encabeçada por Zé Régis em 2004, mas com apenas seis meses mais uma vez me decepcionei com a gestão. Daí decidi deixar a vida pública, mas participei ativamente da eleição de Luceninha em 2008 e 2012, mais uma vez sendo desapontado. De lá para cá fiquei totalmente envolvido com a iniciativa privada, mas não consigo continuar apenas como expectador de tudo que vem acontecendo em Cabedelo” frisou.
“A cidade necessita de uma gestão participativa, que foque no coletivo, ou seja, na população. Uma gestão que coloque as políticas públicas nos eixos e que temas como Educação, Saúde, Empreendedorismo, Infraestrutura e Assistência Social sejam tratados com a importância que merecem” acrescentou Cláudio Lucena.
O empresário ainda falou sobre a importância da união de forças da oposição na cidade, ele informou que vem se reunindo com diversas lideranças cabedelenses, buscando elaborar um plano de Gestão e desenvolvimento com participação popular para o município, para só depois trabalharem um nome que possa disputar as próximas eleições municipais.
Além de Cláudio, estão engajados nesta causa o vereador Fernando Sobrinho (DEM), o vereador Eudes (PRB), Paulo Nogueira (PTN), Marcos Patrício (PSOL), Fernando Borges (PP), Beninha (PSL), Quintans (PSC) e Zé Fernandes.
“Nós temos nos reunido com aqueles que assim como eu fazem oposição em Cabedelo. Somos pessoas que desejam a transformação do nosso município, engajadas e dispostas a trabalhar para melhorar a vida da população através do desenvolvimento da cidade. Em nossas reuniões nos preocupamos, em primeiro lugar, em elaborar um modelo de Gestão que tenha efetiva participação popular, onde o povo tenha vez e voz, para só depois ir em busca de um nome em comum que possa representar esse nosso desejo de transformação, podendo inclusive esse nome ser o meu. Toda Cabedelo conhece meu trabalho, estou por dentro dos problemas de Intermares desde 1999 e sempre busquei o melhor para aquela região. Se no final meu nome for o escolhido estou disposto a lutar mais uma vez em prol da causa dos cabedelenses” revelou o empresário.
Vale lembrar que atualmente Cabedelo não dispõe de vice-prefeito, pois o atual prefeito Leto Viana assumiu o comando do município após a renúncia do ex-prefeito Luceninha, em 2011. Desde então, o prefeito do município sofre forte desgaste na cidade portuária.
Cláudio se elegeu vereador em 2000, integrou a bancada do governo Dr. Júnior e após um ano rompeu por não concordar com o modelo implementado e foi para oposição, isso o credenciou para disputar a vice na chapa vitoriosa encabeçado por Zé Régis em 2004. O modelo de Régis também não agradou Cláudio que rompeu com o prefeito com apenas seis meses da gestão. “Sou assim mesmo, não compactuo com aquilo que não concordo, mesmo que tenha prejuízos políticos e financeiros”.
A postura de Claudio com as gestões mencionadas o credencia como mais um membro da oposição a atual gestão da cidade portuária paraibana nas eleições de 2016.
Possíveis candidatos em 2016
Para as eleições municipais de 2016, além do nome que será escolhido a partir do bloco formado por Cláudio e outras lideranças, também devem concorrer o prefeito Leto Viana (PRP), a ex-primeira-dama Eneide Régis (PDT), o presidente da Câmara dos vereadores Lucas (PMDB), o ex-vice-prefeito Bergson Marques(PTC), o Empresário Sebastião Quintans (PSC) e Ivan Miranda (PC do B).
Fonte: PB Agora
Texto: Henrique Lima

Edição: Aguinaldo Silva
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger