Sessão Especial da Câmara debate situação administrativa do Estádio Francisco Figueiredo de Lima

Uma sessão especial da Câmara de Cabedelo debateu na noite desta terça-feira (19), a situação do Estádio de Futebol Francisco Figueiredo de Lima, que atualmente está sob a responsabilidade da Superintendência do Patrimônio da União (SPU).
Na sessão, proposta pelo vereador Márcio Bezerra (Pros), foi debatida a aquisição do local pela Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), de forma a torná-lo mais um espaço desportivo disponível à comunidade.
O prefeito Leto Viana, Secretários, representantes de clubes de futebol, presidentes de associações comunitárias e pessoas ligadas ao futebol estiveram presentes à sessão e tomaram conhecimento da precariedade em que se encontra o Estádio, bem como da sua atual situação administrativa.
Na ocasião, ficou esclarecido que o campo não é de propriedade particular do Miramar Esporte Clube, mas sim da SPU.
"Precisamos ser sensatos: o Miramar e o Estádio têm história e importância para o nosso futebol. Mas o que pudermos fazer para melhorar a qualidade de vida dos nossos munícipes, oferecendo opções de uma vida saudável, faremos. E queremos o mais rápido possível marcar uma reunião com o Patrimônio da União e com o Miramar, para apresentarmos nossas intenções", destacou o prefeito. Leto expressou ainda o que sua gestão pretende fazer no Estádio, caso haja a possibilidade legal de a PMC assumir o espaço. "O nosso pensamento é, de uma forma legal e planejada, fazer um investimento em benefício dos atletas de Cabedelo. Não podemos fazer de forma sumária, sem o consentimento da legislação, da justiça e de quem for de direito, mas é inadmissível que aquele local não possua uma estrutura adequada para a prática de esporte, sem arquibancadas, vestiários e nem refletores para atividades noturnas. Além dos dispositivos essenciais para um Estádio de Futebol, poderíamos investir e construir ali a própria Secretaria de Esportes e até uma grande academia para utilização de quem pratica esporte no local", concluiu.
Para o secretário de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel), Emerson Lucena, a principal meta da PMC é que o Estádio volte a ter uma utilidade pública, principalmente, para comunidade desportiva.
“Esse é um assunto de grande valia para Cabedelo. Se existe um imbróglio judicial, precisa ser resolvido para estudarmos a melhor forma de entregar o Estádio a quem realmente precisa e que fará bom uso em prol do esporte do município", afirmou.
João Batista da Silva (Dão), presidente da Liga Cabedelense de Desportos, lamentou a situação atual do campo e destacou a iniciativa do legislativo e do executivo de debaterem uma solução viável para o Estádio, um importante espaço à prática esportiva em Cabedelo.
"Parabenizo às autoridades que sabiamente levantaram essa questão, porque há muito tempo aquele lugar está abandonado. Fica aqui o meu repúdio a quem administra o Estádio atualmente, e também minha esperança de que a PMC possa dar um novo rumo a essa situação”.
Os vereadores que utilizaram a tribuna, de forma unânime, também lamentaram o descaso que vem ocorrendo no Estádio Francisco Figueiredo de Lima, e se colocaram à disposição da Prefeitura para qualquer tentativa de melhorar a atual situação.
“Precisamos apoiar a Prefeitura para que entre com uma ação de desapropriação e que o estádio volte a ser utilizado pelo povo. É interessante e lamentável constatar que, mesmo com a subvenção concedida pela Prefeitura e aprovada por esta Casa no ano passado, o Miramar não conseguiu fazer nada por aquele espaço, que entrou em total desequilíbrio estrutural. As últimas gestões municipais permitiram que os equipamentos desportivos que dispomos no município fossem depreciados, mas agora temos um administrador que se preocupa com isso e que, dentro da legalidade e da possibilidade financeira da edilidade, pretende recuperá-los", resumiu Marcio Bezerra, autor da propositura.
Mesa - A mesa solene da sessão especial foi formada pelas seguintes autoridades: vereador Tércio Dornelas (PSL), presidente em exercício; Leto Viana, vereador Márcio Bezerra (Pros); Antonio do Valle Filho (procurador Geral do Município); Emerson Lucena (titular da Sejel) e; João Batista da Silva (Dão), presidente da Liga Cabedelense de Desportos.
Edição de Texto e fotografia: Aguinaldo Silva

Fonte/texto e Foto: Secom Cabedelo
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger