Conselheiros do ConcidadesCabedelo denunciam ao MP omissão do poder público para funcionamento do Conselho

A conferencia das cidades versão municipal realizada em Cabedelo, convocada pelo Decreto 35/2013, deliberou entre outras coisas, pela criação do ConCidades-Cabedelo e elegeu seus 27 membros, para abrir debates com a sociedade civil, sobre os principais eixos que norteariam o crescimento do município, tais quais: mobilidade urbana, habitação, regularização fundiária, sustentabilidade ambiental e saneamento.
Conforme matéria publicada no site oficial da prefeitura (Clique Aqui para acessar a matéria), os conselheiros foram empossados, deliberaram sobre sua composição administrativa e até aprovaram seu regimento Interno que determina reuniões ordinárias de dois em dois meses (Clique aqui para acessar o regimento Interno).
Acontece que após a mudança de governo, depois da renuncia de Luceninha e a ascensão de Leto, os membros do poder público no conselho, si quer foram recomposto e o mesmo não mais se reuniu. Os conselheiros representantes da sociedade civil, até tentaram fazer uma reunião, mas, não puderam deliberar sem a presença dos representantes do poder público. Quase dois anos depois da posse do atual gestor, o conselho ainda não recebeu seus novos membros representantes do governo.
Cansados de esperar, os representantes da sociedade civil, procuraram o Ministério Público e foram recebidos na tarde desta quinta-feira (21/05) pelo Promotor Rogério Lucas que se comprometeu em abrir a denúncia formulada pelos conselheiros: Aguinaldo Silva, Darloza Braga, Jaêmio Carneiro, Moises Oliveira e Sebastião Quintans.
O promotor vai chamar o poder publico para explicar porque as reuniões do ConcidadesCabedelo não estão acontecendo na conformidade do Regimento Interno, aprovado pelo colegiado e que tem como presidente o representante de governo com a incumbência de chamar as reuniões deliberativas do mesmo. É o que espera a sociedade que, reunida na plenária da conferencia das cidades, deliberou sobre a criação do conselho e elegeu seus representantes.
Os 27 membros, eleitos na Conferência Municipal da Cidade, realizada nos dias 09 e 10 de maio de 2013, no Teatro Santa Catarina são: 11 do setor público; 7 do movimento social; 3 trabalhadores; 3 empresários; 2 universidades; 1 ONG.
Texto: Aguinaldo Silva

Fotos: Moisés Oliveira
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger