Movimentos Sociais de Cabedelo também saem em defesa do vereador Eudes e condena a violência denunciada pela oposição.

Para Bergson Marques (representante do Movimento de Reconstrução de Cabedelo, ex-vice-prefeito da cidade e ex-presidente do PTN), o gestor cabedelense dar um péssimo exemplo de convivência cívica e incentiva a violência, enquanto todos pedem paz.
Ele afirma que não somente foi agredido o vereador Eudes, mas, a população de Cabedelo. Ele sugeriu que o prefeito peça a renuncia em respeito à população. Clique eouça o que disse Bergson do MDC.
Jaêmio Carneiro, representante da Rede de ONGs de Cabedelo e porta voz da articulação SOS Cabedelo, disse que agressão a um vereador é inadmissível em qualquer democracia, lamenta os fatos ocorridos e diz que as entidades da rede criaram uma comissão para acompanhar todo processo. Clique e ouça o que disseJaêmio da Rede de ONGs.
Representando o Movimento Nacional de Luta por Moradia – MNLM, Manoel Fernandes Neto, lamentou a agressão do prefeito ao vereador, disse que o atual gestor prioriza outros interesses e não os dos cidadãos.
Ele aproveitou para criticar a política de habitação desenvolvida em Cabedelo. “O Brasil começa a re-fundar seu processo democrático, justamente para absorver a participação popular. Em Cabedelo este processo está parado, não se busca esta participação popular na criação das políticas públicas. Clique e ouça oque disse Manoel Fernandes do MNLM.
Manoel Vieira, Diretor do SINDCAB (Sindicato dos Servidores de Cabedelo), ver esse episódio com preocupação. Disse que o prefeito esta na contramão, pois enquanto os professores ensinam a não violência, o gestor maior da cidade, dar esse péssimo exemplo a juventude e a sociedade. Para ele, nada justifica a violência e um administrador público deve ter equilíbrio para resolver os problemas com um mínimo de diálogo e civilidade.
Ele aproveitou para falar sobre a paralisação e as reivindicações dos servidores. Para Manoel, o projeto de Lei Complementar 001/2015, aprovado na casa recentemente, não contempla as reivindicações dos servidores e nem foi discutido com a categoria. Clique e ouça o que disse Manoel Vieira do SINDCAB.
Texto e reportagem: Aguinaldo Silva
Fotos: Elias Martins/Internet
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger