Aras Quatro Patas incentiva o hipismo e a equoterapia em plena orla marítima de Cabedelo

 
Convidado pelo vereador Júnior Datele, o Cabedelo na rede foi conhecer a Escola de Equitação Quatro Patas que funciona na Avenida Vitorino, s/n, Ponta de Campina em Cabedelo (em frente ao Lovina). O Aras Quatro Patas (como é chamado) desenvolve um belíssimo trabalho no incentivo do hipismo e da equoterapia com crianças, jovens e adultos, em plena área nobre da orla marítima de Cabedelo.
Segundo Linda Cavalcante, instrutora e uma das sócias da Escola de Equitação quatro Patas, um dos melhores investimentos que os pais fazem para a saúde de seus filhos, é incentivá-los a praticar atividades físicas desde os primeiros anos de vida. As crianças devem ser introduzidas ao esporte de forma prazerosa, o objetivo nessa fase é criar o gosto pela atividade sem a preocupação obsessiva com a performance, o que importa é a atividade tornar-se divertida.
Algumas crianças estão descobrindo o prazer do esporte através da Equitação recreativa realizada na Escola de Equitação Quatro Patas, crianças a partir de dois anos são estimuladas por meio de atividades lúdicas e introduzidas no esporte eqüestre que visa o enriquecimento do sistema psicomotor global das crianças, que nessa fase tem um desenvolvimento intenso devido à plasticidade do sistema nervoso, obtendo um desenvolvimento biopsicossocial.
Especialistas em atividades ao ar livre apontam que o passeio a cavalo proporciona uma gama de sensações sonoras, táteis e visuais. Por isso, é importante incentivar famílias a fazer algum esporte com seus filhos que não são motorizados e buscar a aproximação com a natureza diretamente.
“À partir dos seis anos é quando a criança tem o entendimento e a capacidade de resposta aos estímulos e comandos, iniciando assim no esporte propriamente dito. Através das aulas, as crianças aprendem o básico de montaria, e com o passar do tempo, podem direcionar seu interesse para uma modalidade em específica”. Afirma Linda Carvalho.
Estudos do Ministério do Meio Ambiente indicam: ambiente natural para caminhadas, ciclismo e equitação como experiências sustentáveis. Praticar atividade física é uma necessidade do ser humano para desenvolvimento físico e psicológico e manutenção de uma boa saúde.
Confira a seguir bons motivos para praticar Equitação:
Os movimentos trabalham toda a musculatura do corpo, além de resultar na correção postural;
dominar um animal tão grande e forte traz autoconfiança e autoestima elevada, ajudando a superar os desafios da vida;
combate a ansiedade e a depressão;
crianças e adolescentes hiperativos tem a oportunidade de descarregar a energia extra, tornando-se mais tranquilos;
desenvolve a agilidade, coordenação motora, equilíbrio e percepção;
desenvolve os cinco sentidos: a audição devido ao som das patas, o tátil por conta do pêlo e o corpo do cavalo, que tem dois graus a mais que o nosso, além do olfato e a visão.
Obs: vale salientar a importância do acompanhamento de um profissional capacitado, cavalos adequados além de um ambiente seguro.
Na foto: a aluna Sofia iniciando na prática da Equitação Recreativa e Shayene (égua) na Escola de Equitação Quatro Patas que fica localizado na AV. VITORINO, SN, PONTA DE CAMPINA – CABEDELO /PB (EM FRENTE AO LOVINA)
CONTATO: (083) 8790 6940/ 8837 4352
Edição de Texto: Aguinaldo Silva

Texto e informações: Linda Cavalcanti: Educadora Física e Instrutora de Equitação.
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger