Luceninha e Dr. André (secretário de saúde) voltam de Brasília com saldo positivo para a saúde do município

O prefeito Luceninha apresentou projeto de reforma e ampliação do hospital ao Ministério da Saúde em Brasília.
O prefeito de Cabedelo, Luceninha, e o secretário municipal da saúde, André Lima, classificaram como positiva a reunião ocorrida recentemente, em Brasília, com o ministro da saúde, Alexandre Padilha. Luceninha destacou ainda a importância da participação do Coordenador Nacional de Saúde Bucal, Gilberto Pucca e do Deputado Federal, Manoel Júnior.
Ampliar e construir para melhorar a qualidade do atendimento aos usuários que buscam os serviços de saúde oferecidos pelo município. Estes são os propósitos dos diversos projetos desenvolvidos pela Prefeitura Municipal de Cabedelo, através da Secretária de Saúde e que já foram encaminhados ao Ministério da Saúde.
Dentre os projetos que já foram aprovados pelo Fundo Nacional de Saúde estão o da construção de duas Unidades Básicas de Saúde a ser construída no Jardim Jericó em Camboinha e outra no Portal do Poço, além de uma Unidade de Fitoterapia,a ser implantada  na Floresta Nacional de Restinga de Cabedelo (Mata da AMEM),  consagrando o único município da Paraíba a conseguir a aprovação de um projeto de ações de saúde ambiental.
Os projetos não ficam por aí, além dos já mencionados, também foram aprovados o da construção do  Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) tipo 3  que tem como objetivo acolher pessoas com problemas com álcool e outras drogas, estimulando sua integração com a sociedade e família. De acordo com a Assessora Especial da Secretária Municipal de Saúde, Magda Cecília, "este Centro funcionará em horário integral, podendo o usuário permanecer interno até 45 dias, dependendo da necessidade do paciente".
Em reunião no Ministério da Saúde, o Luceninha apresentou o projeto com orçamento em torno de R$ 7 Milhões, que visa a reforma e ampliação do antigo Hospital Geral de Cabedelo, situado à Rua Juarez Távora, para onde será transferido o atual Hospital Municipal, o que possibilitará a ampliação, com a instalação de cem novos leitos e dez UTI’s.
De acordo com o Prefeito, em Cabedelo existem diversos desafios a serem enfrentados, melhorar as condições da área de saúde é um deles. “A nossa luta por melhorias para o município é e será incansável. A ampliação do Hospital Municipal, que representa uma referência fundamental na cidade e nos municípios vizinhos, a exemplo de Conde e Lucena, principalmente no atendimento materno e infantil, é muito importante, uma vez que vai proporcionar melhores condições de atendimento e acolhimento aos usuários". Destacou Luceninha.
O projeto de ampliação do Hospital Municipal Padre Alfredo Barbosa foi idealizado por conta do aumento do fluxo de atendimento que, segundo o secretário de saúde de Cabedelo, André Luiz Barbosa, aquela Unidade Hospitalar atende uma demanda muito grande de pessoas, não só de Cabedelo, mas, também de outros municípios. "Atualmente, o Hospital Padre Alfredo dispõe apenas de 35 leitos e não possui nenhum leito de Unidade de Terapia Intensiva. Os casos de maior complexidade tem que ser transferido para João Pessoa", explicou.
Já de acordo com Magda Cecília, a transferência do Hospital Pe. Alfredo Barbosa para o prédio do antigo Hospital Geral é de extrema necessidade devido a possibilidade de ampliação. "No projeto consta a construção de 100 novos leitos sendo 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva e não há possibilidade de ser feito no atual prédio do hospital por falta de espaço", comentou.
O projeto contempla ainda a ampliação na parte de urgência, uma unidade de coleta de leite materno, um setor para realização de exames, dentro das normas do Ministério da Saúde. Atualmente o Hospital Municipal de Cabedelo conta com uma excelente equipe de profissionais e realiza em média 170 atendimentos diários. Também são feitos alguns procedimentos cirúrgicos como: Cirurgia de Catarata, Hérnia, Histerectomia e Vesícula.
Projetos em análise
Ainda estão em análise no Ministério da Saúde, o projeto Rede Cegonha, que tem como estratégia qualificar as maternidades em todo o País, combatendo as mortalidades materna e infantil, bem como o projeto de construção do Centro de Atenção Psicossocial -CAPs,  tipo 2,  unidade de acolhimento.
Fonte: SECOM - Cabedelo

Foto: Daniell Mendes
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger