Vereadora Jackeline propõe que a Nau Catarineta seja declarada Patrimônio Cultural e Imaterial de Cabedelo


Valorizando a cultura popular cabedelense, a vereadora Jacqueline (PRP) apresentou, na Câmara Municipal, um Projeto de Lei que declara a Nau Catarineta um Patrimônio Cultural e Imaterial do Município de Cabedelo. “Através dessa iniciativa, pretendemos dar à Nau Catarineta o status que merece, além de possibilitar incentivos aos grupos de dança, valorizando as nossas raízes”, afirmou a vereadora Jacqueline, enfatizando que a Nau Catarineta é um dos mais fortes movimentos culturais locais.
A parlamentar explicou que a Nau Catarineta é um “folguedo” popular, um poema anônimo romanceado, de origem portuguesa, que começou a ser apresentado pelos cabedelenses há mais de um século, por volta de 1910. É uma expressão artística que aborda, através do canto e da dança, grandes batalhas marítimas, acompanhadas de fome e peripécias dos bravos capitães do mar.
O primeiro grupo que apresentou a Nau Catarineta em Cabedelo foi coordenado por Basílio da Costa. “Desde então, outros grupos já se organizaram em nossa cidade para manutenção da cultura da Nau Catarineta, a exemplo dos Mestres de Barca Moacir Caetano, José Nazaré, Tadeu Patrício e Hermes do Nascimento, que também é autor da letra do Hino de Cabedelo, além de Dadá Dornelas, as saudosas Nilza do Amaral e Regina Moreira, entre outros artistas”, complementou.
Fonte: Assessoria da Vereadora
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger