Seis são presos em operação da PRF furtando e adulterando combustível em Cabedelo


Um grupo suspeito de roubar e adulterar combustível foi preso nesta quarta-feira (15) durante a operação conjunta "Sangria 3" entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Civil de Cabedelo, na Grande João Pessoa. Três pessoas seriam caminhoneiros que pegavam o combustível e outros três receptadores que levavam o combustível furtado, segundo informações do inspetor Genésio Vieira, da PRF.
O inspetor explicou que o esquema funcionava com participação direta dos seis integrantes do grupo. Os três motoristas carregavam o caminhão-pipa com combustível do Terminal de Armazenagens de Cabedelo (Tecab). Depois, os caminhões eram receptados pelos outros três, em uma área entre o Tecab e o Forte de Santa Catarina.
Os receptadores retiravam o combustível e, enquanto enchiam galões, já o adulteravam. O líquido usado para a adulteração ainda é desconhecido. Ainda segundo a PRF, a quantidade de combustível furtado dos caminhões era completada também com líquidos não identificados. Os caminhões seguiam para abastecer os postos com combustíveis adulterados e os galões furtados também adulterados eram vendidos clandestinamente.
A PRF chegou ao grupo depois de receber denúncias anônimas da população, que temia algum acidente devido ao manuseio de material inflamável próximo à área residencial. As investigações duraram uma semana e os envolvidos foram flagrados furtando o combustível. A ação foi filmada pela PRF.
O inspetor Genésio Vieira afirma que a operação contribui não só para a segurança dos moradores da cidade de Cabedelo, mas também para evitar o comércio de combustíveis adulterados. "Nós já tínhamos realizado duas outras operações semelhantes em 2010 e 2011. Os envolvidos sempre eram pegos furtando e adulterando combustível muito próximo ao terminal de armazenamento. Este tipo de prática coloca em risco a integridade das pessoas, assim como o bom funcionamento dos veículos devido à adulteração do combustível", explicou.
A polícia encontrou ainda lacres intactos com os caminhoneiros. De acordo com a PRF, os lacres eram usados no final do processo de furto e adulteração, para garantir ao posto que o combustível entregue era legítimo.
Todos os envolvidos foram presos em flagrante e levados para  a 7ª Delegacia Distrital, em Cabedelo, onde prestaram depoimento. Os envolvidos devem responder por furto, receptação de carga roubada, formação de quadrilha e adulteração de combustível.
Fonte: G1
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger