Luceninha cumpre a promessa de campanha e traz o ForróFest para Cabedelo depois de sete anos


 O município de Cabedelo sediou no último sábado, 4 de maio de 2013 na Praia do Mira Mar, o maior festival de música nordestina do Brasil, o Forro Fest que completou 25 anos. O evento é promovido pelas TVs Cabo Branco e Paraíba desde 1987.  
Chico Forró apresentador do evento
      Era um compromisso político do prefeito Luceninha com a população de Cabedelo de retornar o Forró Fest a cidade portuária que deixou de acontecer desde 2006, por isso que o prefeito manteve contato com a organização do Forro Fest conjuntamente com a sua equipe de governo para firmar uma parceria com os promotores do evento e trazer de volta  para o município de Cabedelo, o Forro Fest após um jejum de sete anos do maior festival de música de forró do país.
      Para a realização da primeira eliminatória do Forro Fest, edição 2013 em Cabedelo, a organização do evento garantiu ao prefeito Luceninha duas atrações de peso, Flávio José e Sirano e Sirino. Já a comissão artística do evento, selecionou entre as músicas inscritas para a primeira eliminatória 12 músicas foram classificadas e são elas:

01.     Arrasta-Pé Arretado (Edvaldo Tavares Lins);
02.     Na Batida do Baião (Antônio Marcos Farias);
03.     Imagina (Henrique Ornellas);
04.     Nordeste Ritmado (Wilson Bandeira da Silva Pereira);
05.     A Lição da Sanfona de Gonzaga (Arimatéia Piauí);
06.     SOS Sertão (Vandix Araújo);
07.     Atalhos (Walter Lins);
08.     Saudade do meu pé de serra (Chico Pombal);
09.     Forró da Saudade (Ivaldo Medeiros da Nóbrega);
10.     Forró do Trava Língua (Aldo Marques);
11.      Ramalhiar (Marcos Santos e Mira Maya);
12.       Chuva de São João (Augusto César de Sousa Lima).

A grande falha do evento comentada na cidade portuária foi à demora para o inicio da programação, como também a demora entre uma atração e outra. Considerando que um evento dessa natureza sempre atrai crianças e pessoas da terceira idade para assistir as apresentações, por este motivo o público deve ter respeito quanto ao cumprimento do horário divulgado, é o mínimo que se deve ter.  
A primeira atração artística da noite foi a Banda Forró da Canxa que só subiu ao palco às 22:00 horas fazendo um show por quase uma hora e meia. Depois de um longo intervalo finalmente a Banda do Forró Fest ficou pronta dando início a primeira eliminatória do festival e já era quase meia noite quando o apresentador Chico Forró chamou ao palco a primeira intérprete para cantar a música Arrasta-Pé Arretado seguida das demais na relação acima.
A primeira eliminatória do Forró Fest, que foi realizada em Cabedelo no sábado, 04/05 à noite, classificou três músicas para a grande final que será realizada em Campina Grande no próximo dia 08 de junho. As três músicas classificadas em Cabedelo foram: A Lição da Sanfona de Gonzaga de Arimatéia Piauí; Forró da Saudade de Ivaldo Medeiros da Nóbrega e Forró do Trava Língua de Aldo Marques. Os compositores classificados para final em Campina Grande que acontecerá no dia 08 de junho vão concorrer aos seguintes prêmios: 1º Lugar – um Chevrolet Celta 0 Km. 2º e 3º Lugares – Uma Moto cada. O melhor Intérprete um cheque no valor de três mil reais.
Depois de Cabedelo, a próxima eliminatória do Forro Fest acontecerá na cidade de Sousa, no dia 11 de maio. Em seguida,  haverá eliminatórias nas cidades de Itabaiana (18/05) e Conde (25/05). A final aconteceu no dia 8 de junho e integra a programação de abertura do Maior São João do Mundo, em Campina Grande, com o Arraiá do Monobloco.
No domingo era grande comentário sobre o Forró Fest quanto a demorar para iniciar a eliminatória do festival e o show de Flávio José, pois o público na areia da Praia do Mira Mar aguardava com muita expectativa e paciência, como quem já havia esperado por sete longos anos pelo evento, poderia esperar um pouquinho a mais se necessário fosse, inclusive foi razão para pedido de desculpas do artista Flávio José que justificou o atraso de sua apresentação devido o horário previsto para passagem de som que não aconteceu na forma acordado anteriormente com a produção do evento e a equipe do brilha som. E na hora de saudar o estimado público saudação com o tradicional boi noite, o forrozeiro Flavio José teve a gentileza de se justificar e pedir desculpas ao público presente. E aproveitou para dar os parabéns ao povo de Cabedelo pelo comportamento, pela educação, e por não haver nenhuma manifestação da parte do público apresando a passagem de som naquela ocasião. Pois era necessário fazer aqueles ajustes nos instrumentos musicais e no som antes de iniciar sua apresentação, por fim agradeceu Flávio José pela compreensão do público presente.
Flávio José
O show de Flávio José durou aproximadamente uma hora e meia, o artista em tom de retribuição pela demora fez uma belíssima apresentação, considerando que momentos antes de iniciar o show, lá nos bastidores do palco o forrozeiro teve algumas contrariedades com a equipe do “brilha som” e mesmo assim o músico Flávio José honrou o compromisso com o seu fiel público e cantou antigas canções como, xote, forró e baião, além de novos sucessos de sua carreia artística, inclusive vários pot-pourri que Luiz Gonzaga fez em parceria com os compositores Zé Dantas e Humberto Teixeira que também faz parte do repertório do centenário dedicado ao Rei do Baião.
E a certas horas da madrugada era notório o cansaço das pessoas pela demora entre uma atração e outra para dar inicio ao show como aconteceu com a dupla mais desmantelada do Brasil, Sirano e Sirino que só veio subir ao palco para cantar às 04:00 da madrugada quando a sua a banda que o acompanha finalmente ficou pronta com a passagem de som.


A dupla Sirano e Sirino
O Forro Fest tem como objetivo descobrir novos talentos e homenagear os grandes valores da cultura forrozeira. Este projeto foi criado em 1987 com o título de Forraço, que a partir de 1991 passou a ser denominado de Forró Fest em definitivo, homenageado pessoas ilustres que contribuíram com o forró e a música paraibana com a entrega do Troféu Asa Branca, assim ao longo dessa trajetória histórica o evento foi se tornando o maior festival de forró do Brasil.
Além de reunir um grande público em cada uma das suas quatro eliminatórias que acontecem nas cidades do Estado da Paraíba que sediam o evento, que sempre se modifica o roteiro de suas eliminatórias conforme as propostas apresentadas pelos municípios que querem levar o projeto para suas cidades. Vale ressaltar que a cada ano, um número de inscrições tem aumentado o que se considera muito bom para o festival. Já foram lançados vários CDs com as doze músicas selecionadas em cada edição. A cada festival, a TV Cabo Branco e a TV Paraíba exibem um compacto com o show da final, onde são apresentados os vencedores.
Segundo Paulo Paulo um dos organizadores do festival, desde 2006, a população de Cabedelo, principalmente os vendedores ambulantes vinham reivindicando da Prefeitura Municipal de Cabedelo o retorno do Forro Fest o que ficamos felizes pela parceria feita com o prefeito Luceninha.
O Forro Fest tem uma grande relação com a população cabedelense, pois grandes eliminatórias foram realizadas na cidade portuária O primeiro evento do Forro Fest aconteceu em1996 no último ano do governo do prefeito José Francisco Régis (1) cujo evento aconteceu no pátio interno da Fortaleza de Santa Catarina com um público estimado de 2.000 pessoas aproximadamente.  Em 1996 teve a participação dos compositores Tadeu Patrício e Marcos Matias representantes do Movimento de Música Popular de Cabedelo – MUSIPOC que acompanhados da Banda Raio do Sol fizeram o show de abertura do evento representando os artistas prata da casa. De 1997 a 2000 o Forro Fest realizou-se no pátio interno da Fortaleza de Santa Catarina durante o governo do prefeito Edésio Resende. Ainda em 1997 tivemos a participação dos compositores Joselito Silva e Dodô que participaram do Forro Fest como candidatos concorrentes com a música intitulada: Saudade da Minha Terra que foi interpretada por Dodô classificada para a final em Campina Grande. Outra música que teve a participação de um compositor cabedelense foi a música intitulada - Prás Bandas de Kosovo de autoria e interpretação de Dodô, classificada também para final em Campina Grande.
Em razão do grande público que o festival conseguia aumentar a cada ano, e preocupado com a capacidade de público prevista para a área interna da Fortaleza de Santa Catarina, o IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional, (Presidente Eliane de Castro Machado Freire) conjuntamente com a Fundação Fortaleza de Santa Catarina (Presidente Osvaldo da Costa Carvalho) decidiram por medidas de segurança e defesa da preservação do patrimônio histórico, sugerir a Prefeitura Municipal de Cabedelo e a equipe organizadora do Forró Fest, que aquele evento fosse realizado no pátio externo da Fortaleza de Santa Catarina, uma área aberta e com capacidade de abrigar um grande público, porém era necessário que a Prefeitura Municipal de Cabedelo, na época era o prefeito o recém-eleito Dr. Júnior Farias e a equipe promotora do evento (TVs Cabo Branco e Paraíba) representada por Paulo Pena, estruturasse o pátio externo que fora proposto para realização do evento, no entanto, era necessária a realização dos serviços de limpeza nas galerias fluviais ali existentes, retirar o lixo acumulado no entorno do monumento, podar algumas árvores e restaurar a iluminação pública do pátio externo. Além da polemica gerada pelo fato da data do Forro Fest ter caído na mesma data onde já havia um casamento previamente agendado na Fortaleza de Santa Catarina e os noivos em decorrências do andamento dos preparativos de sua festa não quiseram abrir mão daquela data, mesmo a produção do Forro Fest oferecendo outras alternativas para que os noivos cedessem tal data. 
A partir de então, o Forro Fest passou a ser realizado em Cabedelo, mas em outras localidades como será relatado agora: Após a realização de vários serviços estruturantes no pátio externo da Fortaleza de Santa Catarina, finalmente o evento pode acontecer. De 2001 a 2004 durante a gestão do Prefeito Dr. Júnior (PT) o festival do Forro Fest realizou-se no pátio externo da Fortaleza de Santa Catarina, área também denominada de estacionamento do Forte. Em 2005, o Forro Fest aconteceu no centro de Cabedelo, no pátio da Praça Getúlio. E no ano de 2006, o Forro Fest foi realizado na Praia do Mira mar com muita reclamação da população pela distância do lugar e falta de estruturação da área. Provavelmente este foi um dos motivos que fez com que o Forro Fest não acontecesse mais em Cabedelo, além de consideramos que outras propostas mais viáveis sugiram de outras prefeituras municipais para que o Forro Fest fosse deslocado para lá.
Assim se passaram sete longos anos sem a realização do Forro Feste em Cabedelo, e a sua população vinha comprando das autoridades do município o seu retorno. Disse Paulo Pena: “Ficar felizes por retornar a cidade de Cabedelo, principalmente quando estamos completando 25 anos deste projeto que tem contribuído para valorização da nossa cultura e do forró nordestino”.
Vejamos agora nomes de pessoas ilustres da cultura paraibana que contribuíram ao longo de suas histórias divulgando, compondo, cantando ou tocando nosso forro não somente para o Brasil, mas para o mundo:

ANO
HOMENAGEADOS COM O TROFÉU ASA BRANCA
CATEGORIAS
1991
Marinês
Compositora, Cantora e Rainha do Baião
1992
Jackson do Pandeiro
 Compositor, cantor, panderista e Rei do Ritmo
1993
Geraldo Correia
Compositor e tocador de fole de 8 baixos
1994
Antonio Barro & Céceu
Compositores e Cantores
1995
Rosil Cavalcanti
Compositor de Luiz Gonzaga
1996
Zé Calixto
Compositor e tocar de Fole de 8 Baixos
1997
Cátia de França
Compositora, cantora e violonista.
1998
Fuba de Taperoá
Compositor, cantor e panderista
1999
Biliu de Campina
Compositor, cantor e panderista
2000
João Gonçalves
Compositor e cantor
2001
Sivuca e Glorinha Gadelha
Sanfoneiro, compositores e cantores
2002
Diomes, o dedo de ouro
Compositor e músico
2003
Manoel Serafim e Chico César
Compositores e cantores
2004
Benedito do Rojão
Compositor e cantor
2005
Zabé da Loca
Compositora e tocadora de flauta
2006
Pinto do Acordeon
Compositor, cantor e sanfoneiro
2007
Manoelzinho Silva
Compositor e cantor
2008
Dejinha de Monteiro
Compositor, sanfoneiro e cantor
2009
Amazan
Compositor, sanfoneiro e cantor
2010

Não houve homenageado
2011

Não houve homenageado
2012
Renata Arruda
Compositora, violonista e cantora










RELAÇÃO DAS CIDADES QUE JÁ SEDIARAM O FORRO FEST:
Ano:
1.
Eliminatória
2.
 Eliminatória
3.
Eliminatória
4.
Eliminatória
FINAL
1988
Cajazeiras
João Pessoa


Campina Grande
1989
João Pessoa
Patos


Campina Grande
1990
Não Houve
Não Houve
Não Houve
Não Houve
Não Houve
1991
Patos
João Pessoa


Campina Grande
1992
Cajazeiras
João Pessoa


Campina Grande
1993
Patos
Guarabira


Campina Grande
1994
Patos
João Pessoa


Campina Grande
1995
Patos
João Pessoa


Campina Grande
1996
Cabedelo
Patos
Bananeiras

Campina Grande
1997
Cabedelo
Patos
Bananeiras

Campina Grande
1998
João Pessoa
Patos
Bananeiras

Campina Grande
1999
Cabedelo
Patos
Bananeiras

Campina Grande
2000
João Pessoa
Patos
Bananeiras

Campina Grande
2001
Cabedelo
Patos
Bananeiras

Campina Grande
2002
Cabedelo
Patos
Bananeiras

Campina Grande
2003
Cabedelo
Patos
Bananeiras

Campina Grande
2004
Cabedelo
Patos
Bananeiras

Campina Grande
2005
Cabedelo
Patos
Bananeiras

Campina Grande
2006
Cabedelo
Patos
Solânea

Campina Grande
2007
Pedras de Fogo
Patos
Cuité

Campina Grande
2008
Pedras de Fogo
Patos
Guarabira
Monteiro
Campina Grande
2009
Patos
João Pessoa
Guarabira
Monteiro
Campina Grande
2010
João Pessoa
Guarabira
Souza
Monteiro
Campina Grande
2011
Não Houve
Não Houve
Não Houve
Não Houve
Não Houve
2012
Conde
Guarabira
Alagoa Grande
Souza
Campina Grande
2013
Cabedelo
Souza
Itabaiana
Conde
Campina Grande

RELAÇÃO DOS COMPOSITORES E INTÉRPRETES DO FORRO FEST 2013
ELIMINATÓRIA REALIZADA EM CABEDELO - PB
1ª CANDIDATA - Edvalda Tavares
2º CANDIDATO - ANTONIO MARCOS FARIAS
3º CANDIDATO - HENRIQUE ORNELLAS
4º CANDIDATO - WILSON BANDEIRA
5º CANDIDATO - ARIMATÉIA PIAUÍ 
(Classificado para final)
6º CANDIDATO - VANDIX ARAÚJO
7º CANDIDATO - CHICO POMBAL
8º CANDIDATO - WALTER LUIZ
9º CANDIDATO - IVANDO MEDEIROS
(Classificado para a final)
10º CANDIDATO - ALDO MARQUES
(Classificada para a final)
11ª CANDIDATA - MIRA MAYA
12º CANDIDATO - AUGUSTO CÉSAR

Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger