Diretor da ACICA afirma existir uma grave ameaça por traz do projeto de duplicação da BR 230 no centro de Cabedelo

UMA GRAVE AMEAÇA PARA CABEDELO, PARAÍBA E O BRASIL.
(Texto do Professor Ernesto Batista - Economista – UFPB)
Por trás do projeto do DNIT de duplicação da BR 230 no perímetro urbano da cidade de Cabedelo existe um PROJETO DE EXPANSÃO INDUSTRIAL em nosso Estado com base em uma matriz energética suja e altamente poluente com impactos irreversíveis para o município de Cabedelo, que atingirá sua população, o lençol d´água e o manguezal, trazendo prejuízos e suprimindo oportunidades de negócios tais como a possibilidade de termos um terminal de navios turísticos, implementação do porto pesqueiro além do entrave à importação e exportação de produtos de base alimentar e tecnológicos incompatíveis com um porto "sujo" pela importação do coque de petróleo e que oferece altos riscos humanos e ambientais.
Ao nos tornarmos um porto de coque para alimentar a expansão da indústria cerâmica e cimenteira com base numa matriz energética suja e poluente entraremos no pior retrocesso para Cabedelo e para o Estado da Paraíba devido os danos ambientais que já está causando, pelos danos à saúde da população pela precarização das condições de trabalho dos portuários e pela concentração de renda nas empresas transportadoras (estima-se o movimento de mais de 3000 caminhões por dia bloqueando a área central da cidade) e na concentração de lucros da indústria cimenteira e cerâmica, que economizam mais de 17% em relação a outras fontes de energia limpa.
Para o poder público que quase nada arrecada com esse serviço sobram os altos custos nos serviços de saúde contra as doenças que ataca toda população principalmente, crianças e idosos.... Precisamos nos livrar dessa ameaça e a participação de todos aqueles que já estão sendo atingidos direta e indiretamente e de toda população, é fundamental... É uma luta pelo meio ambiente, pela sustentabilidade e precisa da ajuda de todos Cabedelenses, Paraibanos e Brasileiros. Coque de petróleo não pode gerar energia no Brasil porque mata pessoas e a natureza... FORA O COQUE DO BRASIL. PRECISAMOS DE VERDADEIROS PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO E NÃO DE AMEAÇAS E RETROCESSOS.
Ernesto Luiz Batista Filho
Diretor da Associação Cabedelense para Cidadania - ACICA
Membro do FÓRUM DE DEFESA AMBIENTAL E URBANO DE CABEDELO.
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger