Ernestinho, da ACICA comenta sobre a coleta seletiva de que Cabedelo terá de fazer

Ernestinho da Acica

Em audiência na promotoria do meio ambiente em Cabedelo, no último dia 11 de março, com a presença do promotor Valério Bronzeado, Prefeito Luceninha e Secretários municipais, Acica, UFPB e SUDEMA, foi debatido a questão da coleta seletiva do lixo de Cabedelo.
A prefeitura de Cabedelo, desde o ano passado, tem a obrigação de realizar coleta seletiva do lixo na cidade em cumprimento à sentença judicial decorrente de uma ação do Ministério Público Estadual há mais de oito anos. Essa obrigação também se dá em função do cumprimento do que estabelece a Lei sobre a política nacional de resíduos sólidos a qual todos os municípios terão de se adequar.
A implantação da coleta seletiva para reciclagem e compostagem de resíduos produzidos na cidade de Cabedelo é um serviço da mais alta importância para o meio ambiente e a qualidade de vida da população de Cabedelo. Reduz a pressão no aterro sanitário alongando a vida útil do aterro, gera o reaproveitamento de várias meteriais utilizadas pelas indústrias, como plástico, papel, vidros, metais, etc, além de gerar empregos e renda com o envolvimento de catadores organizados em cooperativas.  Entre outros benefícios, uma adequada coleta seletiva pode servir de referência do município de Cabedelo para todo o Estado da Paraíba e para o país.
Para tanto, compreendemos que a administração municipal deve estar preparada para executar esse serviço de forma correta, uma vez que este processo requer a devida provisão de recursos do orçamento para sua execução (máquinas, equipamentos, área para triagem, capacitação, etc.), além da mobilização da sociedade e o apoio de uma equipe devidamente capaz para gerenciar esse serviço. Pode contar com parcerias também e não podemos esquecer que no ano passado já foi aprovada a lei para cobrança da taxa de coleta de resíduos que deve ser paga pela população para subsidiar a coleta seletiva. Entre outras economias esse projeto também pode reduzir os custos da prefeitura com o serviço das empresas que fazem a coleta tradicional do lixo.
A Acica espera que esse serviço seja levado muito a sério pelo poder público e que a sociedade não apenas colabore efetivamente, mas também exija o direito de termos uma cidade capaz de zelar pelo seu ambiente físico e humano.
Ernesto Luiz Batista Filho
Dirigente da Acica.
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger