DESTAQUE:
print this page
Última Postagem:

MENSAGEM DE FIM DE ANO DO GRUPO QUINTANS AOS CABEDELENSES

Ao conseguirmos ultrapassar mais um ano em harmonia com nosso corpo, nossa mente e nossa família, queremos renovar nossas esperanças em uma cidade melhor para todas as famílias cabedelenses e desejar a todos e todas, votos de que, as conquistas almejadas para 2013, sejam renovadas e efetivadas em 2014, sem as percas e dificuldades que se apresentaram ao longo do ano. Que em 2014 sejamos agraciados com um ano de colheita e fartura. É o que deseja os que fazem o Grupo Quintans. FELIZ ANO NOVO.

Réveillon na Paraíba têm atrações para todos os gostos desde o nosso forró, passando pelo rock, reggae, samba e música eletrônica.

Réveillon em Cabedelo - Um esquema especial foi montado na praia de Intermares para o Réveillon de Cabedelo. Serão utilizados dois kilometros de extensão da orla cabedelense. Praticamente toda a praia de Intermares, do final do Bessa até a Ponta de Campina, será destinada para a festa da virada do ano na cidade.
Ao invés de um palco, foi montada uma tenda para receber o DJ responsável por animar a noite. A festa terá esquema especial de segurança e cerca de 6 mil pessoas deve comparecer ao local. 163 tendas darão o suporte necessário aos participantes.
Segundo o Major Pablo Cunha, comandante da 6ª CIA de Cabedelo, o efetivo de segurança do réveillon de Cabedelo contará com 40 policiais militares e outros 40 guardas municipais, unidades do BPTran para a organização do trânsito e da Polícia Ambiental para fiscalização, já que a área é de preservação ambiental, além de apoio da Cavalaria e da Rotam.
Serão disponibilizadas 163 tendas, alugadas para as pessoas interessadas em passar o Réveillon no local. O show pirotécnico, com 10 minutos de duração, será acionado por uma balsa na praia de Areia Vermelha. A festa está prevista para começar às 21h desta terça-feira (31).
Outras dez opções de Reveillon (gratuito ou pago) vão acontecer na Grande João Pessoa, na Paraíba. A virada do ano vai oferecer eventos com os mais variados estilos, atrações e preços para quem quer receber 2014 com festa. Confira os locais e as atrações:
Gracinha Teles anima o Réveillon do ClicPizza em Intermares - Gracinha Telles e banda comandam mais uma das opções de festa de Réveillon em Cabedelo. A cantora paraibana é acompanhada por banda formada por Zé Filho (guitarra), Lula Nicácio (bateria), Lúcio Gadelha (baixo) e Bento Jr. (teclado). Noite ainda tem o DJ Zé Marcos Melo. As mesas para quatro pessoas foram vendidas por R$ 250 e incluem também 1 litro de uísque oito anos.
Ainda em Cabedelo, Geraldinho Lins se apresenta no Réveillon do Lovina nas areias da Praia de Ponta de Campina, em Cabedelo. As atrações da noite de Réveillon são Geraldinho Lins, Ala Ursa e Patusco.
Capilé é atração do Sunset Beach em Camboinha - O recém inaugurado bar, que fica em Camboinha, Cabedelo, dá o tom de forró ao seu Réveillon, que tem como atrações o cantor Capilé e a banda Forró Bakana. O ingresso individual custa R$ 100 e a mesa para quatro pessoas R$ 700, incluindo 1 litro de uísque 12 anos, espumante, tábua de frios e café da manhã. A festa também terá show pirotécnico.
Também em Cabedelo o Réveillon Eternal é opção para quem curte música eletrônica.
A festa Eternal, acontece no Haras Pôr do Sol, rua Raul Seixas s/n, no bairro do Renascer em Cabedelo, a partir das 22h. O evento promete só terminar às 8h do dia 1º e para garantir tanta animação, cinco DJs comandam a festa: Danny Verde (Itália); Adrian Dalera (México); Léo Montenegro, de Vitória (ES); e a dupla paraibana, Bruno Martins e Claudinho Santa Cruz. Quem agüentar, ainda pode curtir a programação do ‘After dos Meninos’, festa que começa logo depois da Eternal, comandada pelos DJs Kelson Magno, Erik Armiliato e Tardelli e Marco Devitto (SP). A festa ainda terá show pirotécnico e café da manhã com frutas tropicais. Os ingressos custam R$ 120 e R$ 80.
Reveillon na Grande João Pessoa - Natiruts e Sambô animam a festa no Busto de Tamandaré.
A festa gratuita promovida pela Prefeitura de João Pessoa contará, entre outras atrações, com as apresentações das bandas Natiruts e Sambô, que fazem a festa em um palco duplo montado na areia da praia, na altura do Busto de Tamandaré.
Os shows começam às 20h, com a dupla sertaneja Paulo Sérgio e Daniel, que prepara o palco para o Natiruts, programado para começar seu show às 22h. À meia-noite, acontece o show de fogos de artfício, que este ano promete ser sincronizado com música. Logo depois, à 0h15, Sambô assume a festa, que será encerrada pela DJ Cris L.
O Rappa é a principal atração do Réveillon Al Mare  - O Réveillon Al Mare acontece à beira-mar da Praia do Bessa, no antigo Iate Clube da Paraíba, e ainda tem shows de Gabriel Diniz, Ramon Schnayder e do projeto eletrônico IndaHouse. Neste evento, a festa é toda open bar, os ingressos custam R$ 280 e já estão esgotado.
Yegor Gomez anima o Réveillon do Bessa Grill, bar localizado na orla da Praia do Bessa, as mesas já esgotaram, mas ainda é possível comprar ingressos individuais, que dão acesso a toda a estrutura do bar e ao cefá da manhã. O ingresso tem preço único de R$ 100. As atrações da festa são Yegor Gomez, banda Impulso, Ultraleve Tropical, Swing Nordestino, Primeira D'Luxo e Samba de Lei. A festa ainda terá a animação dos DJs residentes Vinny, na área interna, e Caio Vitz, na área externa.
O Reggae do Emboscada é uma das atrações do Barril 21, também localizado na orla da Praia do Bessa, a festa será temática: a Copa do Mundo 2014 vai dar as cores da decoração. As atrações são Emboscada, Grupo de Bobeira e Forró na Estiga. A programação tem café da manhã e show pirotécnico.
Bereguedê, orquestra Black Tie e DJ Adriano são as atrações do Réveillon do Guaiamum Gigante, restaurante localizado na orla da Praia do Cabo Branco. A festa começa às 22h e terá queima de fogos e café da manhã. Neste evento os preços variam entre R$ 800 e R$ 900. Todas as áreas dão direito a buffet especial, com bebidas quentes, água, refrigerante, caipiroska e cerveja.
No Tropical Hotel Tambaú, um dos principais cartões postais de João Pessoa, localizado nas areias da Praia de Tambaú, também vai realizar sua tradicional festa de Réveillon. Quem anima a noite é a Orquestra Fascinação. A festa acontece das 22h às 3h do dia 1º de janeiro na área verde do hotel e terá show pirotécnico. Preço R$ 430 por pessoa. O ingresso dá direito a um buffet, que inclui uma ceia com cerca de 50 itens, água, refrigerante, suco, cerveja e espumante.
Outras opções para quem prefere ficar fora das praias - O Réveillon Doce Mil e Quartorze será na Granja Xanadu, no Castelo Branco. A festa terá mesa de frutas pela manhã e seis DJs tocando por 16 horas. A festa está programada para começar às 22h e só termine às 14h do dia 1º de janeiro. As atrações são Dany Andrade, Marcello Novotny, Shi Oliver, John Kennedy, Raphael Hellan e FluxHouse (Neto Felk). A entrada custará R$ 30 até a meia-noite.
Edição de texto: Aguinaldo Silva e equipe
Foto: Internet

Prefeitura de Cabedelo antecipa salário de dezembro e paga servidores antes do Réveillon

A Prefeitura de Cabedelo, visando a valorização do servidor municipal, antecipou o pagamento da folha de dezembro para todos os funcionários públicos municipais.
Segundo o Prefeito Leto Viana (PTN), o pagamento salarial, referente ao mês de dezembro, foi antecipado a fim de que os servidores possam iniciar o ano novo com maior tranquilidade. O pagamento foi realizado nesta segunda-feira, dia 30.
Ainda de acordo com a equipe financeira do prefeito Leto Viana, todos os esforços foram concentrados para honrar o pagamento com os servidores. “Nos 40 dias dessa nova gestão, três folhas já foram pagas (novembro, dezembro e o décimo), injetando cerca de R$ 25 Milhões na economia local. Isso demonstra nosso compromisso com os servidores” informou Leto.
Texto: Aguinaldo Silva e equipe
Fonte e Foto: Secom-Cabedelo.

Prefeitura de Cabedelo recebe ultimato para quitar dívidas com á Marquise

 A Marquise, empresa responsável pela coleta domiciliar de lixo no município de Cabedelo, enviou nota a imprensa informando a situação de inadimplência mantida pela prefeitura de Cabedelo, desde o mês de junho.
Através da TV Tambaú (Empresa do Grupo Marquise), a concessionária informou que desde o mês de junho, estar sem receber pagamentos pelos serviços prestados. “Há seis meses estamos sem receber da Prefeitura de Cabedelo e a gestão municipal sequer sinaliza com uma solução para o problema”, destacou a nota.
Por causa do débito acumulado e, diante da ausência de uma solução, a Marquise informa que decidiu manter a coleta de resíduos no período do fim de ano para não prejudicar os moradores da cidade, mas, garante que vai esperar até a primeira semana de janeiro para que o prefeito Leto Viana (PTN) repasse, no mínimo, o valor referente ao serviço de um mês de coleta e apresente um plano para a quitação do débito restante.
Afirmando não saber os motivos do impasse para a falta de pagamento, a empresa Marquise espera contar com a sensibilidade do novo gestor, para sanar a inadimplência e evitar prejuízos maiores aos moradores de Cabedelo.
Nossa reportagem procurou a Secom de Cabedelo para comentar a nota da Marquise. O Secretário confirmou o débito do município para com a empresa, acrescentando que os problemas financeiros da cidade portuária já são conhecidos de todos e que o novo prefeito preocupou-se inicialmente, em concentrar todos os esforços para o pagamento do 13º e da folha de dezembro que foram pagos no dia 20 (décimo) e 30 (folha de dezembro).
Texto: Aguinaldo Silva e equipe

Fonte e Foto: Marquise.

Concursos previstos para 2014 devem oferecer 41,2 mil vagas com salários que vão de um a dez mínimos.

O ano de 2014 reserva boas oportunidades para os candidatos que desejam conquistar uma vaga em um concurso público. O número de vagas previstas em órgãos de nível federal e estadual, além de capitais, chega a 41,2 mil, segundo levantamento feito pelo G1. Além disso, alguns órgãos não divulgaram o número total de vagas que vão oferecer, como a Câmara dos Deputados, e também existem instituições que lançarão concursos para cadastro de reserva, isto é, quando os aprovados são chamados conforme a necessidade, como a Caixa Econômica Federal.
Entre as vagas levantadas estão cargos que foram criados e oportunidades que já foram autorizadas ou aguardam autorização dos respectivos órgãos competentes.
Entre os concursos mais esperados do ano estão os da Caixa Econômica Federal, Agencia Nacional de Aviacao Civil (Anac), Agência Nacional de Transportes Aquaviários ( Antaq), vinculada ao Ministério dos Transportes, Polícia Federal e Receita Federal.
A Caixa Econômica Federal confirmou ao G1 que a expectativa é que o edital do concurso para técnico bancário seja lançado no início de 2014. A organizadora será o Cespe/UnB.
Já Anac, Antaq, PF e Receita Federal aguardam a autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão para abrir as seleções em 2014.
Seis ministérios tiveram concursos autorizados pelo governo federal: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação
Ministério da Educação, Ministério da Fazenda, Ministério da Saúde e Ministério do Trabalho e Emprego. No total, são esperadas mais de 6,5 mil vagas.
As polícias também devem oferecer um bom número de vagas em 2014. A Polícia Civil do Distrito Federal, Polícia Civil do Rio de Janeiro, Polícia Civil de Tocantins, Polícia Militar do Acre, Polícia Militar do Distrito Federal, Polícia Militar do Rio de Janeiro e Polícia Militar de São Paulo podem ter mais de 7,8 mil vagas.
Orçamento para concursos
O Anexo V do Projeto da Lei Orçamentária Anual (Ploa), entregue ao Congresso Nacional pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior, em setembro, oferece margem de até 47.112 vagas para contratações por concurso público no Poder Executivo em 2014. Neste total, estão 42.353 cargos vagos já existentes, que a critério da administração poderão ou não ser usados; e outros 4.759 cargos reservados com a finalidade específica de substituição de terceirizados. Se todas as vagas forem ocupadas, a despesa no ano que vem será, respectivamente, de R$ 2,053 bilhões e de 224,9 milhões.
Nos Poderes: Legislativo e Judiciário, que poderão autorizar as contratações de forma independente, são 5.438 vagas. Já nas Forças Armadas são 7 mil vagas.
Como em 2014 haverá eleições para presidente, governadores, senadores, deputados federais e deputados estaduais, a Lei 9.505/97 restringe a nomeação, contratação ou admissão do servidor público nos três meses que antecedem o pleito até a posse dos eleitos. A restrição se refere à esfera em que ocorre a eleição, no caso deste ano, no âmbito estadual e federal. Caso a homologação do concurso for feita até três meses antes das eleições, as nomeações podem ocorrer em qualquer período do ano. Já em âmbito municipal as nomeações ocorrem sem restrições.

Fonte e Foto: G1 - Globo.com

Salário mínimo passa de R$ 678 para R$ 724 e Dieese destaca maior poder de compra desde 1979.

O novo valor do mínimo deverá trazer um impacto de R$ 12,8 bilhões nas contas da Previdência Social. Os benefícios pagos no valor de um salário correspondem a 48,7% do montante repassado pela Previdência
O novo valor do salário mínimo para 2014, que passa de R$ 678 para R$ 724 a partir de 1º de janeiro, vai garantir o maior poder de compra desde 1979. Segundo nota técnica do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o reajuste de 6,78% no salário mínimo permitirá ao trabalhador comprar o equivalente a 2,23 cestas básicas, a melhor marca já registrada pela entidade. O novo valor também deverá injetar R$ 28,4 bilhões na economia no próximo ano.
Para o deputado Vicentinho (PT-SP), relator do projeto que instituiu a atual política de valorização do salário mínimo, os números comprovam que o Brasil está no rumo certo. “Esses números demonstram que o governo brasileiro valoriza a parcela da população que ganha menos em nosso País. Também fico alegre ao perceber que estávamos certos, governo, Bancada do PT e a base aliada, quando apostamos na aprovação de uma nova política de valorização do mínimo”, destacou.
Em 2011, Vicentinho foi relator do PL 12.382/11, do Executivo, que fixou o valor do salário mínimo em 2011 e estabeleceu diretrizes para a política de valorização do piso nacional entre 2012 e 2015. A época, a proposta foi criticada pela oposição que a acusava de ser “lesiva aos interesses dos trabalhadores”. A lei de valorização do mínimo estabelece que o reajuste deva ter como base o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior, mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes.
O aumento de R$ 46 garante uma média melhor que o recorde anterior, de 2012, quando o mínimo conseguia comprar 2,13 cestas básicas, é mais que o dobro da média registrada em 1995, de 1,02, e representa um avanço de 61% no poder de compra desde 2003.
Impacto - O novo valor do mínimo deverá trazer um impacto de R$ 12,8 bilhões nas contas da Previdência Social. Os benefícios pagos no valor de um salário correspondem a 48,7% do montante repassado pela Previdência. No total, 69,% dos beneficiários ou 21,4 milhões de pessoas recebem um salário mínimo.
Por outro lado, deve haver ainda, de acordo com o estudo, um incremento de R$ 13,9 bilhões na arrecadação tributária nos tributos sobre consumo.

Agencia JusBrasil

RETROSPECTIVA 2013 - PARA RENOVAR SEU HUMOR EM 2014

SUA CURIOSIDADE VAI ACENDER SEU HUMOR- CONFIRA E DIVIRTA-SE COM OS FATOS QUE FORAM NOTÍCIAS EM 013, CONTADA DE FORMA BEM HUMORADA. CONFIRA.

Terror contra o shopping Intermares - Grupo espalha boatos visando atrapalhar a construção do empreendimento

Após o tsunami que foi a renuncia de Luceninha, Cabedelo é bombardeada por boatos plantados na mídia que visam atrapalhar o projeto de construção do Shopping Intermares. Inimigos ocultos que se manifestam contrarios ao desenvolvimento da cidade, plantam informações visando atrapalhar o empreendimento.
A nova armação contra o projeto está sendo perpetrada na internet. Informações dão contas de que, jornalistas e lideranças políticas, empresariais e sociais de João Pessoa receberam e-mail espalhando notícias cujos objetivos principais são intimidar a Justiça e criar dúvidas sobre o empreendimento.
De acordo com a notícia (ver abaixo), uma suposta briga de herdeiros estaria atrapalhando o negócio. A falsa notícia diz ainda que investidores avaliaram o terreno em R$ 100 milhões e que, estranhamente, encontra-se no Tribunal de Justiça uma cotação no valor de R$ 400 mil.
Duas outras informações da falsa notícia são a de que o Estado entrou com uma ação para questionar o valor do terreno e que o caso está sendo investigado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
De acordo com os responsáveis pelo projeto, as informações são totalmente falsas - Não existe nenhuma avaliação do terreno no valor de R$ 100 milhões. Essa informação é uma das armações contra o projeto de construção do Shopping. Visa preparar o terreno para novas suspeitas e ações na Justiça contra o projeto.
Ainda segundo os empreendedores, os herdeiros já pagaram todos os impostos devidos e a documentação está pronta para registro. Além disso, não existe ação formal do Estado questionando o valor do terreno. Outra informação falsa é a de que o caso estaria sendo investigado pelo CNJ. “Também não há denúncia formal sobre o assunto”. Informou.
As falsas informações estariam sendo postada de Maceió – Os defensores do shopping estranham que a falsa notícia está sendo postada na internet na cidade de Maceió (AL), por uma pessoa identificada por Felipe Calheiros.
Contradição - A armação é tão grotesca que a falsa notícia fala em ação do Estado contra a homologação da partilha “por suspeita de superfaturação do valor do terreno”. Nesse casso, se houvesse “superfaturação” ou superfaturamento seria vantajoso para o Estado porque o valor do imposto a ser recolhido seria bem maior. “Não existe, pois, lógica alguma na notícia”, afirmou
Confusão e terror - A falsa notícia postada a partir de Maceió (AL) tem o claro objetivo de intimidar a juíza do caso (para que ela retarde no julgamento) e estimular novas suspeitas ações e criar confusão para atrapalhar o início das obras do shopping, que vai gerar milhares de empregos e grande volume de impostos para Cabedelo e para o Estado da Paraíba.
O Grupo Marquise garante que o projeto será executado em breve - A direção do Grupo Marquise, titular do empreendimento, garante que o projeto está concluído e que a empresa aguarda tão somente o registro do terreno para promover o lançamento e o início das obras. A empresa informa ainda que desconhece obstáculos legais à aquisição do terreno e liberação de licenças de construção. “É nosso compromisso investir mais de R$ 200 milhões na construção do Shopping Intermares, gerar milhares de empregos e contribuir para o desenvolvimento da cidade de Cabedelo e do Estado da Paraíba”.

Da Redação com Parlamento PB

Fabiano Pereira toma posse como novo presidente do Partido dos trabalhadores em Cabedelo

Após construir uma unidade e se lançar em chapa unida para o PED 2013 (Programa de Eleições Diretas) do partido dos Trabalhadores, realizada em todo Brasil, Fabiano Pereira toma posse em solenidade realizada na Câmara Municipal de Cabedelo, como o mais novo presidente do diretório municipal do PT na cidade portuária.
O evento que lotou as dependências da Câmara de Cabedelo foi prestigiado por várias autoridades: Deputados Estaduais, Anísio Maia (PT) e Trócolli Júnior (PMDB); Vereadores da legenda em Cabedelo: Rosivando e Rey. E ainda os vereadores cabedelenses, Júnior Datele (PMDB) e Lúcio José (PRP). Representante do Diretório Estadual da legenda, Almir Nóbrega. Representante do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, Edvan Silva. Entre outras celebridades locais e esdaduais do mundo político, a exemplo dos ex-deputados estaduais, Rodrigo Soares (PT) e Neto Franca (PTC); o ex-prefeito de Cabedelo, Dedo Rezende (PMDB); Wellington Brito (PSB), Fernando Macedo (DEM) e Sebastião Quintans (PSC).
Em seu discurso de posse Fabiano Pereira destacou prioridades para o partido em 2014. “Eleger Dilma em 2014 e preparar o partido para participar da chapa majoritária nas eleições de 2016, em Cabedelo, estão entre as nossas principais metas à frente do Partido dos Trabalhadores no quadriênio 2014/2017”, enfatizou o presidente.
Com sua articulação, o presidente Fabiano Pereira conseguiu unir o partido em torno do seu nome e concorreu em chapa única, agora, reabrir a sede do Partido para todos  os filiados, fomentar a campanha para novas filiações, objetivando atrair a juventude e novas lideranças; recadastramento dos filiados; colocar o Partido nas redes sociais, Facebook e Twitter, e atualizar o site do PT de Cabedelo com as ações do Diretório Municipal e dos vereadores do Partido, estão entre as prioridades elencada pelo no presidente.
 “Temos metas para cumprir, a tarefa é árdua, entretanto não estamos sós, o Partido está mais forte  e unido do que nunca, agradeço a todos pela confiança em mim depositada, contem comigo, pois vou estar sempre defendendo o nosso Partido que, em 2016, voltará a ser protagonista nas eleições municipais da cidade portuária”, sintetizou Fabiano Pereira.
Da redação com Assessoria

Governo faz investimento de R$ 2,6 milhões no Terminal Pesqueiro de Cabedelo que funcionará em 2014

O Terminal Público Pesqueiro de Cabedelo será ativado até fevereiro do próximo ano e passará a receber 40 navios de pesca industrial e aproximadamente 1.500 pescadores locais. O local passa por reforma, com investimento de R$ 2,6 milhões, e terá capacidade de receber até 100 toneladas de pescado por dia. O terminal estará disponível para beneficiamento do pescado e apoio aos pequenos produtores, que terão como armazenar o produto e ganharão subsídio para adquirir gelo, água e óleo diesel. 
O terminal tem função social e deve ajudar os pequenos pescadores cabedelenses e adjacentes que, ao retornar com o pescado, poderão beneficia-los e levar para comercialização. Quando não conseguir vender no mesmo dia, poderão armazenar em câmaras frias, sem precisar vender por qualquer preço por falta de estrutura para manutenção. 
A obra para adequar o terminal foi orçada em R$ 3,4 milhões, mas houve economia de R$ 800 mil na licitação. A meta do 1º Grupamento de Engenharia do Exército Brasileiro, responsável pela obra, é finalizar o projeto até o final de janeiro. De acordo com o general Carlos Alberto Maciel Teixeira, comandante do grupamento, a urgência é disponibilizar o espaço para beneficiar os pequenos pescadores. Segundo ele, como haverá aumento na movimentação no entorno do terminal, pode ser necessária a realização de obras complementares para melhorar as vias de acesso.
O Terminal de Pesca de Cabedelo foi inaugurado em 2010, mas não foi utilizado e as estruturas ficaram abandonadas. Segundo o superintendente Federal da Pesca, Samuel Lemos, foi “descaso com a coisa pública e não deram a utilização devida”. Com a palavra o Ministério Público para chamar as devidas responsabilidades pelos descasos mencionados pelo superintendente.
Da Redação com Jornal Correio da PB/Paraíba Total

Foto: internet

O governador Ricardo Coutinho inaugura Pelotão de Polícia Embarcada em Cabedelo

O governador Ricardo Coutinho inaugurou, nesse sábado (14), o Pelotão de Polícia Embarcada da Polícia Militar da Paraíba. A solenidade, que marcou a entrega dos equipamentos que darão suporte à unidade, três motos náuticas e uma lancha para operações aquáticas (somando um investimentos na ordem de R$ 200 mil), aconteceu na Praia de Jacaré, um dos principais pontos turísticos do município de Cabedelo.
Na ocasião, o público pôde conferir uma simulação de perseguição em águas, já com os novos equipamentos adquiridos pelo Governo do Estado. A encenação mostrou as técnicas de abordagens dos 30 policiais que participaram da qualificação para atuar em embarcações.
“Sabemos o quanto a Polícia Militar precisava agir para proteger a população ribeirinha e os turistas. Por isso, investimentos nesse Pelotão, que é mais uma prova da atenção do Governo do Estado em construir uma polícia moderna e qualificada, que cumpra com excelência seu papel de proteger a sociedade”, destacou o governador Ricardo Coutinho, ao citar que um barco já pertencente ao Estado foi totalmente recuperado para dar suporte aos trabalhos.
Também presente no evento, o secretário de Estado da Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, lembrou que a polícia embarcada vem preencher uma lacuna que existia quanto ao policiamento em áreas de estuários, mangues e rios. “Agora temos ferramentas para cobrir áreas como Mandacaru e Alto do Mateus (na Capital), além de Bayeux e Cabedelo, que possuem vastas áreas aquáticas e que poderiam servir de rota de fuga para os criminosos”, citou.
Já o comandante geral da PM, coronel Euller Chaves, afirmou que o novo pelotão atuará principalmente em três frentes: combate aos crimes ambientais, ao tráfico de drogas e contrabando; além de proteção aos turistas. “Esse é um marco histórico para PM. Agradecemos ao Governo por nos dar condições de melhorar sempre o nosso trabalho e a Capitania dos Portos por promover, em parceria, a qualificação desses policiais”, destacou o comandante.
Ele contou que os PMs do Pelotão receberam instruções teóricas nas áreas de marinharia, navegação, primeiros-socorros, combate à incêndio; além de treinamentos práticos na praia do Jacaré. “Temos a certeza que esse pelotão dará a segurança necessária a todas as pessoas que visitam Cabedelo, uma cidade de alto potencial turístico. O governo foi proativo e beneficiou também todos os moradores do município, que abriga grande número de estuários, praias e mangues”, comentou o prefeito de Cabedelo, Wellington Viana, durante a inauguração da unidade militar.

Secom-PB

Porto de Cabedelo começa recebe os primeiros transatlânticos e 450 turistas já desembarcaram na cidade.

Após se tornar rota de cruzeiros que usarão o porto de Cabedelo para o desembarque de turistas que visitarão a Paraíba, a cidade começa a receber os primeiros visitantes e na última sexta-feira (13/12/2013), desembarcaram na cidade portuária paraibana, um total de 450 pessoas, entre passageiros e tripulação, a bordo do navio transatlântico Orient Queen II, da BCR (Brazilians Cruises).
No roteiro do transatlântico estavam a ilha de Fernando de Noronha, as cidades de Recife, Natal, Fortaleza, Cabedelo/João Pessoa. Os navios passarão em média oito horas atracados no porto, tempo suficiente para que os turistas visitem pontos turísticos da Grande João Pessoa.
Para receber os turistas, a Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), a Cia Docas da Paraíba e as prefeituras, além de empresas de receptivos, programaram uma série de atividades culturais e musicais. Entre elas, a apresentação de um trio de forró e a venda de produtos de artesanais da cidade.
A temporada brasileira de cruzeiros 2013/2014 deve trazer a Grande João Pessoa cerca de 5 mil pessoas, entre passageiros e tripulação. Serão dez escalas no Porto de Cabedelo, que começou no último dia 13 de dezembro e vai até 20 de abril de 2014.

Fonte: PBTur

A Prefeitura de Cabedelo e o MP firmam TAC para nomeação dos concursados remanescentes até 30 de maio

A Prefeitura Municipal de Cabedelo firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público da Paraíba, através da Promotoria de Justiça de Cabedelo, se comprometendo a nomear, até o dia 30 de maio de 2014, os candidatos remanescentes que foram aprovados no concurso público de 2010, que foi homologado em 2012.
O TAC foi assinado pelo promotor do Patrimônio Público, Ronaldo Guerra, e pelo prefeito de Cabedelo, Wellington Viana. No concurso foram oferecidas 937 vagas pela prefeitura, sendo que 700 foram chamados nos 11 meses de gestão do prefeito Luceninha, dos quais apenas 378 tomaram posse.
De acordo com o TAC, a nomeação deve ocorrer atendendo à ordem cronológica de classificação no certame, bem como ao calendário, como no caso do corpo docente, tendo em vista o início de ano letivo.
O descumprimento dos prazos e obrigações do termo vai implicar no imediato ajuizamento do TAC para proceder a sua execução, sem prejuízo de responsabilização por ato de improbidade administrativa.
Segundo o promotor Ronaldo Guerra, o objetivo do termo de ajustamento é sanar a omissão do município em relação à nomeação dos candidatos aprovados no último concurso, tendo em vista o elevado número de pessoas contratadas e de prestadores de serviço, nas mais diversas Secretarias da Prefeitura de Cabedelo.

Da Redação com MPPB

Leto reduz carga horária dos servidores municipais e adota só meio expediente na Prefeitura de Cabedelo

Visando diminuir os gastos na gestão de Cabedelo, o prefeito Leto Viana (PTN), causou estranheza aos moradores da cidade ao adotar um horário pouco convencional para quem precisa resolver muitos problemas na cidade. O novo prefeito determinou que o expediente nos serviços públicos cabedelense, sejam de 8 às 12 horas, de segunda a sexta-feira, em regime corrido. Apenas os serviços públicos considerados essenciais continuam com atendimento normal, com escalas ou plantão.
O motivo alegado pelo gestor para este novo horário é contenção de despesas. Ele garante que não vai diminuir a qualidade dos serviços prestados. “Com essa modificação de horário, vamos economizar nas despesas públicas, sem diminuição da qualidade e garantindo a eficiência do serviço prestado. Nosso objetivo primordial é restabelecer a saúde financeira do município, para honrar com os compromissos da Gestão, garantindo o pagamento dos funcionários em dia, além de possibilitar a realização de todas as melhorias que Cabedelo precisa”, afirmou Leto Viana.
O prefeito disse ainda que quando as contas do município estiverem em ordem, vários programas paralisados na cidade serão restabelecidos, como o “Minha Casa, Minha Vida”. Além disso, a prefeitura firmou uma TAC (termo de ajustamento e conduta) com o Ministério Público para em seis meses nomear todos os aprovados dentro das vagas oferecidas no ultimo concurso público.
A população que precisa dos serviços não gostou nada da redução do expediente. “Não acredito que esta medida traga algum resultado prático e financeiro para o município, o novo prefeito deveria se preocupar em fechar as torneiras abertas e entupir os ralos por onde sangram as finanças da cidade. Essa medida só nos causa transtornos e em nada contribui” reclamava um empresário que pretendia resolver algo na secretaria de finanças após as 15:00hs de ontem.

Fonte: Secom-Cabedelo

Várias razões tiraram o Cabedelo na Rede do ar por tanto tempo mas oia nós aqui traveis

A disolução da equipe tecnica que dava suporte a produção de matérias, vídeos, fotos, slids, etc.
A falta de apoios e de conquistas de novos parceiros.
A falta de incentivos, através de gratificações, aos profissionais voluntários, reponsaveis pela manutenção e postagem das matérias produzidas e editadas.
O não pagamento ao Web Designer Gestor (Pixel Vivo-Sebrae-PB). Estas e outras razões de menores proporsões, fizaram o site Cabedelo na Rede e o Blog Renascer em Noticia, ficarem tanto tempo fora do ar.
Neste dia de Natal, queremos renovar nossa vontade e nosso compromisso, de continuar levando aos cabedelonses, informações com a credibilidade, imparcialidade e a isenção de sempre.
Agradecendo aos nossos resumidos, mas, fieis parceiros, com destaque para a Ima Construções e o Grupo Quintans, pela manutenção do compromisso em 2013 e por já confirmarem a renovação da parceria para 2014. Bem como, aos agentes políticos que colaboraram com suas informações e apoios em 2013. Nesta área, destaco a vereadora Jacqueline Viana e o vereador Júnior Datele.
Esperamos que, em 2014, possamos continuar merecendo seu acesso, sua leitura e seu compartilhamento. Assim como, merecer a confiança e o apoio de novos parceiros.
Finalizando, queremos desejar vida longa a nossos voluntários e colaboradores. Aqui destacamos: o WebDesigner Ricardo Paiva(Kaka) e Ramalho Pinto, pelas parcerias e apoios.
Aproveitamos para renovar nosso compromisso e para desejar a nossos leitores, voluntários e parceiros, Um Feliz dia de Natal e um Ano Novo com muitas realizações.

Aguinaldo Silva

Discurso de Posse de Leto Viana como Prefeito de Cabedelo

O Governador Ricardo Coutinho recebe o novo prefeito de Cabedelo para discutir parcerias

O governador Ricardo Coutinho recebeu, na tarde desta sexta-feira (22), na Granja Santana, o novo prefeito de Cabedelo, Leto Viana, que tomou posse nesta quarta-feira (20), após renúncia do então prefeito José Maria de Lucena Filho (Luceninha). Durante a audiência, discutiram parcerias para realização de obras estruturantes no município de Cadedelo.
Ricardo conversou com o prefeito sobre a aprovação de um empréstimo do Estado junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no valor de R$ 52,3 milhões, que serão aplicados, entre outras obras, na reestruturação do Pólo Turístico da Praia do Jacaré, em Cabedelo, e na sinalização turística nas cidades de João Pessoa, Cabedelo, Conde, Pitimbu e Conde. “Assim como fizemos com o ex-prefeito Luceninha, continuaremos abertos a construir parcerias com o prefeito Leto que venham a beneficiar o município de Cabedelo e melhorar a qualidade de vida dos cidadãos cabedelenses”, ressaltou.
O governador também falou sobre as obras tocadas pelo Governo do Estado em Cabedelo, que superam o montante de R$ 32 milhões, sendo R$ 20 milhões no sistema de esgotamento do Centro, Ponta de Campina, Poço, Camboinha, Formosa e Areia Dourada, construção de 53 unidades habitacionais (R$ 545 mil), construção da via de acesso à área portuária do Jacaré (R$ 2,5 milhões) e mais R$ 9 milhões na melhoria da infraestrutura do porto com recursos próprios. Ricardo acrescentou que dentro do PAC 2 serão investidos mais R$ 40 milhões para obras de saneamento de vários bairros do município que vão aumentar a cobertura do esgotamento para 92%, o que representa um patamar elevadíssimo.
O prefeito Leto Viana explicou sobre o quadro de dificuldades financeiras do município e sobre o trabalho que terá agora à frente da administração municipal. “Essa parceria que iniciaremos com o Governo do Estado com certeza será refletida em muito trabalho no nosso município. O Governo do Estado é um ente importante para conseguirmos investimentos para obras de impacto como a infraestrutura da praia do Jacaré, e outras que estão sendo realizadas como as melhorias do Porto e o saneamento básico de vários bairros que vão gerar um impacto muito positivo no nosso turismo. Cabedelo possui um grande potencial turístico e na pesca e o Governo do Estado será determinante no processo de desenvolvimento dessas duas áreas estratégicas”, destacou.
Fonte: Paraibajá

Primo de Cássio sai em defesa do novo prefeito de Cabedelo e rebate as críticas de Trócolli Júnior

Pré-candidato a deputado estadual pelo PRTB, o vereador cabedelense Arthur Cunha Lima Filho (Arthurzinho) rebateu, nesta sexta-feira, as declarações do deputado Trócolli Júnior (PMDB) contra o atual prefeito de Cabedelo, Leto Viana (PTN), e sugeriu que, ao invés de “se ocupar em fazer críticas vazias, o deputado comece a trabalhar pela cidade de Cabedelo”.
“No mínimo, o deputado Trócolli foi deselegante e infeliz ao julgar a conduta do atual prefeito, pois Cabedelo sabe que Leto tem uma história admirável, sem nenhuma mácula”, disse, lembrando que Leto exerceu seis mandatos de vereador, sendo quatro como presidente da Câmara Municipal, tendo sempre suas contas aprovadas, sem restrições, pelo Tribunal de Contas.
De acordo Arthurzinho, é a conduta do deputado Trócolli que deve ser questionada, pelo seu descompromisso com a cidade. “Na campanha de 2012, ele teve uma grande rejeição em Cabedelo por ter chamado os cabedelenses de mercenários, que só votavam por dinheiro”, lembrou.
O vereador enfatizou ainda que a candidatura de Trócolli não teve uma boa aceitação na cidade porque ele não tem história em Cabedelo, não tem trabalhos prestados pelo município, ao longo de sua extensa trajetória política.
Primo do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), Arthurzinho sugeriu que o deputado Trócolli, assim como os demais adversários da parceria política formada por Leto e Luceninha, deixem as disputas políticas para o ano eleitoral e unam suas forças pela cidade.
“Alguns políticos estão tentando aproveitar esse momento para tentar aparecer e transformar a renúncia de Luceninha em palanque político para 2014. Agora é hora de nos unirmos, independente de partido político, e trabalharmos pela nossa cidade”, finalizou Cunha Lima.
Fonte: Paraibajá
Foto: Aguinaldo Silva

Para a Rede de ONG´s SOS Cabedelo a renuncia de Luceninha foi uma vitória dos movimentos sociais.

A porta voz da Rede de ONGs, a presidente da Agencia de Desenvolvimento Sustentável da Paraíba e fisioterapeuta Darloza Braga, informou esta manhã aos meios de comunicação digitais, que a renúncia de Luceninha foi uma vitória dos movimentos sociais e populares de Cabedelo e que o movimento deverá continuar, já que, não se tratava de uma articulação apenas para tirar o prefeito, mas, para assegurar a participação da sociedade civil organizada no processo decisório do Poder Executivo Municipal.
Segundo, ainda, Darloza, mesmo ausente da reunião realizada ontem à noite simultaneamente, a posse do novo prefeito na Câmara Municipal, por se encontrar em transito, a Rede de ONG´s SOS Cabedelo que compreende 16 instituições reunia-se em Camboinha para analisar o movimento e traçar novas estratégias para intervir no processo decisório do Poder Executivo e garantir que as necessidades do município sejam atendidas.
Já o professor Jaêmio Carneiro da Federação das Entidades não Governamentais da Paraíba, que presidiu a reunião realizada em Camboinha, mesmo sem coro necessário, devido à forma como a mesma foi convocada, ou seja, em cima da hora a Rede deverá apresentar na próxima sexta-feira em almoço na Feijoada do Fabio, com o colegiado do Fórum Permanente dos Movimentos Sociais e Populares de Cabedelo, um Projeto de Lei que institui o Programa de Desenvolvimento Comunitário Sustentável (Pro Bairro), o marketing da Campanha: IPTU? SÓ COM SERVIÇOS PRESTADOS, que já estava programado para ser lançada no dia 1º de dezembro, assim como, a Ação Civil Pública de Obrigação de Fazer elaborada pelo núcleo jurídico da Rede e a Cartilha dos Direitos do Cidadão Cabedelense.
Já para o representante do Movimento Popular Ocupa Cabedelo, e coordenador do Núcleo Legislativo da REDE, Manuel Fernandes, foram oito meses de manifestações públicas e agitos nas redes sociais, "só o mês de novembro, denominado outubro vermelho para articulação aconteceram 5 (cinco) manifestações e diversas provocações junto ao Ministério Público, inclusive, com fechamento da BR 230, a caminhada a Câmara Municipal pelo movimento comunitário e a ocupação temporária da Prefeitura Municipal pelo Movimento de Luta por Moradia”.
Para o Presidente da Associação Comunitária do Jardim Brasília, Moisés Oliveira, Coordenador do Núcleo Comunitário da Rede de ONG´s será preciso avaliar se as manifestações previstas para o mês de dezembro se deverão acontecer cumprindo o calendário, ou se a articulação estabeleceria uma trégua ao novo governo, mas isto, destaca: “só após a presença do mesmo em reunião geral dos movimentos sociais e populares de Cabedelo”. Concluiu o líder comunitário.
Uma nova reunião foi convocada desta vez com presença da coordenação completa da Rede para o próximo sábado, quando a Presidente da Agência de Desenvolvimento Sustentável da Paraíba, Darloza Braga, que fará uma avaliação sobre a articulação para ampliação da Agenda 21 local que já conta com representantes no Governo Federal e do Governo Estadual e estava para concluir a participação do Governo Municipal, mas, que terá que ser reavaliada em função da nova correlação de forças com a posse do Prefeito Leto Viana.

Fonte: Assessoria de Comunicação da ADESPB

Disputa pela vaga de federal entre Benjamim e Maranhão é a nova charge animada do Gordinho; veja

Em oficio encaminhado a Câmara e ao Juiz eleitoral Luceninha renuncia a prefeitura de Cabedelo e surpreende aliados

O prefeito do município de Cabedelo, José Maria de Lucena Filho (Luceninha), renunciou ao cargo. Ele encaminhou ofício à Câmara de vereadores comunicando sua decisão e pegou a todos de surpresa. Quem deve assumir o cargo ainda nesta quarta-feira (20) é o vice-prefeito Wellington Viana Santos. Ambos foram eleitos no ano passado pelo PMDB.
Em ofício endereçado ao juiz da Comarca, João Marchado do Sousa Júnior, o prefeito Luceninha destaca que tomou a iniciativa de renunciar por entender que a gestão da cidade ficará em melhores mãos se administrada pelo vice-prefeito, a quem considera "sucessor natural". Luceninha frisa que teve "coragem e desprendimento público" ao decidir pela renúncia.
O vice-prefeito Wellington Viana Santos, conforme artigo 75, paragrafo 4, da Lei Orgânica do Município de Cabedelo, deve ser empossado ainda na tarde desta quarta-feira (18).
Presidente da Câmara Municipal de Cabedelo, Lucas Santino, amigo pessoal de Luceninha, também foi pego de surpresa. Outro ofício comunicando a renúncia foi encaminhado a ele pelo próprio Luceninha. A Câmara deve ser convocada em sessão extraordinária para empossar Leto, como é mais conhecido o vice-prefeito.
A informação foi trazida em primeira mão pelo programa Correio Debate, da 98 FM, através do jornalista Fabiano Gomes.
 O presidente da Câmara, Lucas Santino da Silva, confirmou para às 17h uma sessão extraordinária para da posse ao vice.
Em participação no programa Correio Debate, na 98FM, o presidente da Câmara de Vereadores revelou que problemas financeiros podem ter sido o motivo da renúncia do peemedebista. Para ele o gestor não pode ficar no cargo apenas por vaidade. “Ele assumiu a Prefeitura com muitas dívidas das gestões passadas e ficou muito difícil de se administrar. É por isso que está chegando a esse contexto e essa decisão", avaliou.
Para o presidente da Câmara a renúncia de Luceninha foi "um ato de coragem e de muita dignidade”.

Fonte: Portal Correio da Paraíba

O espetáculo teatral 'Lendas do Cabedelo' coloca a PB no roteiro do 'Turismo de Assombração'

A Fortaleza de Santa Catarina, em Cabedelo, é palco de um espetáculo que conta algumas lendas da cidade. A apresentação, chamada de 'Lendas do Cabedelo', é uma produção conjunta do Sebrae, da Secretaria de Turismo da cidade e da Companhia de Teatro Art'culados in Cena. A proposta, de acordo com uma das responsáveis pelo espetáculo, Amanda Cavalcanti, é valorizar a cultura da terra, chamando a atenção para a Fortaleza.
Amanda, que assina o texto, a direção musical e a produção executiva do projeto, conta que a ideia surgiu após constatar a necessidade de utilizar a Fortaleza fora do período de Natal e Páscoa, porque o local permanecia sem atrações durante todo o resto do ano.  Ao tomar conhecimento de experiências de economia criativa voltadas para o turismo através do Sebrae, o grupo de teatro com quem Amanda já trabalhava nas apresentações de Natal e Paixão de Cristo propôs exatamente a realização de mais atividades na Fortaleza.
Ao ser convidada para pensar o espetáculo, Amanda sentiu que seria a oportunidade ideal para introduzir o local no roteiro do 'Turismo de Assombração'.
saiba mais
Equipamentos de praça em Cabedelo começam a ser trocados “Eu achava que a proposta seria algo mais didático, como contar a história da Fortaleza, mas depois vimos que precisávamos de algo lúdico. Foi quando comecei a pesquisar. O grupo de teatro comprou a ideia de trabalhar com o Turismo de Assombração porque Cabedelo tem muitas lendas, bem como a própria Fortaleza”, explica Amanda.
Regina Amorim, gestora de Turismo do Sebrae, explica como é essa forma de turismo: "É um produto do turismo de vivência e experiência e que vem mexendo com a cultura. Com essa ideia, quremos apresentar a Fortaleza, que é um patrimônio histórico e que deve ser visto de uma outra forma em uma experiência diferente e única. Assim, a visita se fixa de uma forma melhor na lembrança do turista”, explicou a gestora.
Ao invés de pesquisar só os valores históricos, Amanda conta que foi atrás do conhecimento reunido pelos principais mestres de cultura da cidade: Altimar Pimentel e Tia Beta, ambos já falecidos, mas que deixaram livros sobre Cabedelo.  “Tive a oportunidade de conhecer os dois quando vivos, mas tive que recorrer aos livros na pesquisa deste espetáculo. Inclusive, umas das músicas que eu canto em cena vem de Tia Beta”, explica Amanda.
A pesquisa também deu origem ao nome do espetáculo. "Ao colocar como Lendas do Cabedelo, estamos nos remetendo ao nome da vila, aqui na cidade, onde morava a protagonista da história da 'Mulher de Branco': Vila do Cabedelo", Amanda esclarece.
Além da memória popular, a investigação também envolveu a família dela. “A família da minha mãe morou na rua da Fortaleza. O pessoal já sabia de muitas histórias ou conhece alguém que viu alguma coisa”, afirma. Então, veio o trabalho de organizar as histórias e de escolhar quais lendas apresentar ao público. São cinco delas, que envolvem assassinatos, crimes, desaparecimentos, fantasmas e sereias.

As apresentações de 'Lendas do Cabedelo' em 2013 estão previstas para as noites de lua cheia. Em dezembro, em 13, 14 e 15, sempre às 20h, na Fortaleza de Santa Catarina, em Cabedelo. Os ingressos são vendidos uma hora antes da apresentação. Quem quiser mais informações pode entrar em contato com Amanda Cavalcanti e com Igobergh Bernardo, diretor geral do espetáculo, nos telefones 8848-4439 e 8865-1644.

O programa Educa Mais Brasil do governo federal está com inscrições abertas para 2014

Os interessados em concorrer a bolsas de estudo para Graduação (Presencial), Pós-Graduação (EAD) já podem se inscrever no Educa Mais Brasil, programa de inclusão educacional que oferece bolsas de estudo de até 50% em todo o país. A inscrição para o processo seletivo é gratuita e realizada exclusivamente através do site www.educamaisbrasil.com.br.
Para concorrer a uma das vagas o candidato precisa cumprir alguns critérios, entre eles não possuir condições financeiras de arcar com as mensalidades integrais e estar há pelo menos 6 meses sem estudar, no caso da graduação. “O objetivo do programa é incluir as pessoas que estão fora do cenário educacional, oferecendo uma alternativa para quem não poderia entrar em uma faculdade, curso ou escola de qualidade sem esse benefício”, explica Andréia Torres, Diretora de Expansão e Relacionamento do Educa Mais Brasil.

As vagas são limitadas e o processo de aprovação ocorre enquanto houver vestibular nas instituições parceiras. Mais informações sobre o Educa Mais Brasil estão disponíveis no site www.educamaisbrasil.com.br ou através da central de atendimento nos telefones 0800 724 7202/ 0800 724 7775. 

ACICA e o Observatório contesta no MP e TCE-PB, doação de área pública de 6.600m² em Intermares para a ATL Alimentos do Brasil.

 O Observatório de Gestão Municipal de Cabedelo solicitou ao Ministério Público Estadual e ao Tribunal de Contas, providências cabíveis quanto ao ato administrativo do Prefeito de Cabedelo, que através do Decreto nº 39 de 02/07/2013, concedeu uma área de 6.600 m², sem contrapartidas, para a empresa ATL ALIMENTOS DO BRASIL LTDA, construir uma cozinha industrial para comercialização de refeições junto a órgãos públicos e privados.
Trata-se da “Área de Equipamento Comunitário” na Quadra 15, do Loteamento residencial Bela Vista II, em Intermares, com dimensão de 6.600 m², estimada em mais de R$ 4.000.000 (quatro milhões de reais). Também foi solicitada apuração de responsabilidade da Câmara dos Vereadores de Cabedelo que através da Lei nº 1.635 de 26/06/2013 desafetou indevidamente a referida área para que fosse doada a particular, desviando-a da finalidade para a qual foi destinada e inscrita no registro legal do loteamento residencial, como “área de equipamentos comunitários”.
Segundo os denunciantes, isso é feito sem o conhecimento dos moradores do bairro e sem compensação urbanística ambiental. Agindo assim a Câmara de Vereadores autorizou a subtração de uma área pública para atender aos interesses da empresa ATL ALIMENTOS que já possui uma sede própria no Bairro de Jacaré em Cabedelo e poderia como qualquer empresa comprar outra área para expansão dos seus negócios, em vez de receber sem ônus e contrapartida esse valioso terreno público.
Esses atos de alienação de terrenos públicos pelos prefeitos de Cabedelo para benefício de particulares, sempre com autorização dos Vereadores, vêm ao longo dos anos subtraindo as áreas destinadas a equipamentos públicos e comunitários do município sem consulta à população, sem processos licitatórios e sem contrapartidas para o município, com elevadas perdas para o patrimônio público, deixando a população cada vez mais desprovida de áreas para praças, equipamentos públicos e de serviços comunitários.
Ainda de acordo com as informações repassadas pela ACICA e o Observatório, temos o emblemático exemplo de uma área de 3,1 hectares também em Intermares que estava legalmente destinada para equipamentos públicos e que foi doada a uma faculdade privada sem contrapartida. Neste caso a ACICA (Associação Cabedelense para Cidadania) denunciou ao TCE-PB que reprovou a prestação de contas do prefeito José Régis em 2009, com uma ação do Ministério Público para que o município de Cabedelo seja ressarcido pelos prejuízos causados por este ato do então prefeito.
Em casos como esses, o Ministério Público do Rio Grande do Sul considerou que a norma geral urbanística (Lei 6.766/79; Lei 9785/99), vinculante para Estados-membros, Distrito Federal e Municípios, considera que as áreas institucionais (sistema de circulação e implantação de equipamentos urbanos comunitários) e as áreas livres de uso público (praças e parques), deverão ser proporcionais à densidade de ocupação prevista no plano diretor ou aprovada por lei municipal para a zona em que se situem. Em sua consideração, cabe ao Município o respeito à destinação dessas áreas, não lhe cabendo dar às áreas que, por força da inscrição do loteamento no Registro de Imóveis, passarem a integrar o patrimônio municipal qualquer outra utilidade. Não se insere, pois na competência discricionária da Administração resolver qual a melhor finalidade a ser dada a estas ruas, praças, etc., por já terem destinação preliminarmente determinada, principalmente sem uma compensação urbanística e ambiental.
Casos como esses precisam ser questionados e analisados criteriosamente pelas instituições de fiscalização e controle para que o interesse público e o patrimônio público não sofram prejuízos em benefício de interesses particulares e privados.

Fonte: ACICA/Observatório de Cabedelo

Luceninha e Dr. André (secretário de saúde) voltam de Brasília com saldo positivo para a saúde do município

O prefeito Luceninha apresentou projeto de reforma e ampliação do hospital ao Ministério da Saúde em Brasília.
O prefeito de Cabedelo, Luceninha, e o secretário municipal da saúde, André Lima, classificaram como positiva a reunião ocorrida recentemente, em Brasília, com o ministro da saúde, Alexandre Padilha. Luceninha destacou ainda a importância da participação do Coordenador Nacional de Saúde Bucal, Gilberto Pucca e do Deputado Federal, Manoel Júnior.
Ampliar e construir para melhorar a qualidade do atendimento aos usuários que buscam os serviços de saúde oferecidos pelo município. Estes são os propósitos dos diversos projetos desenvolvidos pela Prefeitura Municipal de Cabedelo, através da Secretária de Saúde e que já foram encaminhados ao Ministério da Saúde.
Dentre os projetos que já foram aprovados pelo Fundo Nacional de Saúde estão o da construção de duas Unidades Básicas de Saúde a ser construída no Jardim Jericó em Camboinha e outra no Portal do Poço, além de uma Unidade de Fitoterapia,a ser implantada  na Floresta Nacional de Restinga de Cabedelo (Mata da AMEM),  consagrando o único município da Paraíba a conseguir a aprovação de um projeto de ações de saúde ambiental.
Os projetos não ficam por aí, além dos já mencionados, também foram aprovados o da construção do  Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) tipo 3  que tem como objetivo acolher pessoas com problemas com álcool e outras drogas, estimulando sua integração com a sociedade e família. De acordo com a Assessora Especial da Secretária Municipal de Saúde, Magda Cecília, "este Centro funcionará em horário integral, podendo o usuário permanecer interno até 45 dias, dependendo da necessidade do paciente".
Em reunião no Ministério da Saúde, o Luceninha apresentou o projeto com orçamento em torno de R$ 7 Milhões, que visa a reforma e ampliação do antigo Hospital Geral de Cabedelo, situado à Rua Juarez Távora, para onde será transferido o atual Hospital Municipal, o que possibilitará a ampliação, com a instalação de cem novos leitos e dez UTI’s.
De acordo com o Prefeito, em Cabedelo existem diversos desafios a serem enfrentados, melhorar as condições da área de saúde é um deles. “A nossa luta por melhorias para o município é e será incansável. A ampliação do Hospital Municipal, que representa uma referência fundamental na cidade e nos municípios vizinhos, a exemplo de Conde e Lucena, principalmente no atendimento materno e infantil, é muito importante, uma vez que vai proporcionar melhores condições de atendimento e acolhimento aos usuários". Destacou Luceninha.
O projeto de ampliação do Hospital Municipal Padre Alfredo Barbosa foi idealizado por conta do aumento do fluxo de atendimento que, segundo o secretário de saúde de Cabedelo, André Luiz Barbosa, aquela Unidade Hospitalar atende uma demanda muito grande de pessoas, não só de Cabedelo, mas, também de outros municípios. "Atualmente, o Hospital Padre Alfredo dispõe apenas de 35 leitos e não possui nenhum leito de Unidade de Terapia Intensiva. Os casos de maior complexidade tem que ser transferido para João Pessoa", explicou.
Já de acordo com Magda Cecília, a transferência do Hospital Pe. Alfredo Barbosa para o prédio do antigo Hospital Geral é de extrema necessidade devido a possibilidade de ampliação. "No projeto consta a construção de 100 novos leitos sendo 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva e não há possibilidade de ser feito no atual prédio do hospital por falta de espaço", comentou.
O projeto contempla ainda a ampliação na parte de urgência, uma unidade de coleta de leite materno, um setor para realização de exames, dentro das normas do Ministério da Saúde. Atualmente o Hospital Municipal de Cabedelo conta com uma excelente equipe de profissionais e realiza em média 170 atendimentos diários. Também são feitos alguns procedimentos cirúrgicos como: Cirurgia de Catarata, Hérnia, Histerectomia e Vesícula.
Projetos em análise
Ainda estão em análise no Ministério da Saúde, o projeto Rede Cegonha, que tem como estratégia qualificar as maternidades em todo o País, combatendo as mortalidades materna e infantil, bem como o projeto de construção do Centro de Atenção Psicossocial -CAPs,  tipo 2,  unidade de acolhimento.
Fonte: SECOM - Cabedelo

Foto: Daniell Mendes

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger