Honestidade x Corrupção - artigo do Jornalista Paulo Nogueira sobre as eleições em Cabedelo


Foi uma luta desigual, mas, resistimos com a bandeira da liberdade e a certeza que o MAL nunca superará o BEM. Tentaram nos calar de todas as formas: Tivemos a infelicidade de deixar entrar em nosso partido, pessoas travestidas de ovelhas com almas de lobos, egoístas, hipócritas e sem nenhum desejo de melhorias para cidade, apenas satisfação pessoal, mesmo assim, apesar do partido ter sido vendido ao grupo dominante, conseguimos registrar uma candidatura isolada com seis candidatos a vereador e candidatura a prefeito. Pensávamos que a justiça resolveria, mas, ficou tão cega quanto seu símbolo. A banda podre do PMN registrou-se com uma ATA FALSIFICADA, com assinaturas falsificadas e um presidente que havia documentalmente renunciado. Para nossa surpresa, a justiça também preferiu a banda podre do partido. Apresentamos provas da falsidade, depoimentos de testemunhas, mesmo assim a VERDADE NÃO PREVALECEU CONTRA A MENTIRA e nosso registro foi INDEFERIDO. Como a Lei nos garante recorrer a outras instâncias, assim o fizemos com uma colaboração toda especial de um cidadão e respeitável profissional doutor TONY, que se colocou a disposição do povo de Cabedelo, para com direito de justiça, continuarmos levantando a voz. Recorremos ao TRE e nossa condição de candidato continuou mantida, mas, os boatos, as notícias maldosas, o desrespeito ao povo, tentava de todo custo dizer que não éramos candidato. Mantivemos nossa postura, e, através de amigos e mídia social, desfazíamos um pouco dos boatos maldosos e irresponsáveis. Alguns grupos políticos desejavam também levantar conosco essa bandeira, mas, o primeiro INDEFERIMENTO os afastou. Assim nossos apoios cada vez mais ficaram difíceis. O TRE aceitou nossa defesa de que o falso presidente do PMN não poderia ter solicitado nosso indeferimento, mas, INDEFERIU com motivo ilógico de que não havíamos recorrido contra o indeferimento em primeiro grau, e mais uma vez a justiça não enxergou a MENTIRA, a falsidade e criou algo para contestar. Mesmo assim não perdemos a esperança, pois, tínhamos outra instância ainda para recorrer, direito esse que a Lei eleitoral nos ampara. A nosso ver, não era possível ficar impune perante a Lei àqueles que falsificaram documentos, tínhamos a certeza que o TSE resolveria, por esse motivo continuamos a luta. Muitos dos nossos começaram a cansar, desistir da caminhada. Do lado da banda podre do partido divulgavam que não mais éramos candidato. Para completar o quadro de injustiça da JUSTIÇA, apesar da nossa proporcional estar sub judice e termos o direito, por lei, de participarmos da propaganda eleitoral, inclusive, manter o nome nas urnas, não colocaram nas urnas os nomes dos nossos bravos candidatos a vereador, para que de uma vez fosse sucumbido a nossa candidatura. Isso não é democracia, isso não é justiça.
Ficamos apenas com a candidatura de prefeito. Participamos do debate da TV Master e da rádio 101.7, da qual representamos o povo de Cabedelo, mostrando projetos e plano de governo e rebatendo a demagogia dos candidatos da continuação. Pedimos a líderes comunitários que realizassem, em suas comunidades, debates com os candidatos, onde em sua maior parte, envolvidos com o poder econômico que domina o município ficaram omissos. No bairro de Intermares tentaram realizar um debate, mas, quando viram que o candidato vencedor foi pífio nos outros debates, desistiram. Continuamos com nossa caminhada de Salinas do Ribamar a Miramar, sem recursos, sem medo de falar e externar o sofrimento do povo. Acreditávamos e ainda acredito no povo. O povo está desejoso de mudança e não acredita nessa vitória arrasadora que aconteceu. Prevaleceu à compra de votos, tanto com promessas de empregos na falida prefeitura como no pagamento a vista, na boca da urna. Não adiantou reclamar. Cabedelo mais uma vez tornou-se praça de negócio do voto e com outros agravantes, o centro da cidade que pouco participava dessa negociata, também vendeu impiedosamente seu voto. A quem culpar tão desastrosa eleição? A justiça, ao povo ou aos candidatos? Todos são culpados por mancharem o direito da cidadania. Todos são coniventes com o desejo impiedoso de políticos sem caráter que a todo custo querem o poder pelo poder. 
Fizemos a nossa parte. Assim como o beija-flor levou água do rio para apagar o incêndio na mata, mostramos a verdade ao povo de Cabedelo. Somos orgulhosos pelo trabalho e pela confirmação de centenas de amigos nas urnas. Sabemos que em todos os recantos da cidade, há pessoas que não se deixaram corromper nem assinaram atestado de óbito à dezenas de crianças e jovens cabedelenses. Assim, amigos cabedelenses, mostramos que um cargo não fará diferença em nossas vidas, que um dinheiro sujo não nos deixará mais rico. Acredito que milhares de pessoas hoje se encontram tristes por não ter optado a favor do povo, de si e de sua família e outras que se deixaram iludir.  Vamos continuar convictos de que um dia conseguiremos nossa independência e veremos nossa cidade entregue a seu povo. Torcemos que o candidato eleito faça uma boa administração, para que nossos irmãos cabedelenses não continuem sofrendo por falta de uma boa saúde, educação, infraestrutura, esporte e cultura. Vamos à luta cabedelenses, nossa história apenas começou. CABEDELO CIDADE DE BRAVOS, NUNCA SERÁ TERRA DE ESCRAVOS NEM REINADO DE CORRUPTOS / PAULO NOGUEIRA.
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger