RC avisa que não quer mais conversa com ‘traidores’ e Ricardo Marcelo diz “A Casa de Epitácio pessoa não irá se curvar a ninguém!”.


O governador Ricardo Coutinho (PSB) declarou, nesta quarta-feira (18), que não quer mais conversa com os deputados que votaram contrário as Medidas Provisórias (MPs) na Assembleia da Paraíba durante sessão de ontem.  “Conversar o quê, nós já conversamos antes”, enfatizou o chefe do Executivo Estadual enquanto entregava vinte novas ambulâncias em solenidade no Palácio da Redenção. Os parlamentares que votaram contrário as matérias do Governo foram Doda de Tião (PPL) e Wilson Braga (PSD). Ricardo Marcelo (PSDB) não estava na sessão. “Não vai haver conversa com deputados a respeito do que foi votado nas Medidas Provisórias. Cada um é que vai decidir quem é da oposição e quem é da situação”, frisou o governador.
Mostrando que está ‘despreocupado’ com a crise estabelecida com o Legislativo Estadual, Coutinho soltou algumas frases de efeito.  “A política o tempo resolve, fica com o Governo quem quer!, não tenho preocupação com o assunto, pois o mundo não acabou! Estou fazendo minha parte e continuarei a fazer buscando a legalidade e consenso”, explicou.
O socialista ironizou dizendo que a Assembléia é um poder e tem suas ‘opções’. “O Governo não impõe e tem seus limites e não ultrapassamos”, pontuou. Ao ser questionado se estaria faltando dialogo com os deputados, o ‘mago’ foi enfático.  “Conversar o que? Eu conversei antes!”, emendou.
O presidente da Assembléia Legislativa Ricardo Marcelo (PSDB) respondendo ao governador, mandou um nítido recado: “A Casa de Epitácio pessoa não irá se curvar para ninguém!”. O discurso do presidente foi proferido logo no início da sessão de onde presidia a abertura dos trabalhos. Reafirmando a independência do poder legislativo da Paraíba, o tucano mandou o recado: “Gostaria de avisar que não admito qualquer tipo de extorsão, pois alguém que usa os veículos de comunicação para explorar esse tipo de atitude pensando que a Casa vai se curvar a quem quer que seja está enganado. Aqui ninguém se curva a ninguém”, avisou.
Ricardo Marcelo ainda lembrou que a Mesa Diretora da Casa buscou incansavelmente um consenso entre os representantes do Fisco e do Governo do Estado antes que a votação fosse a plenário “Não tenho medo de perseguição, não tenho de retaliação. Sou presidente até 2015 e até lá vou gerir o poder legislativo como ele merece e deve ser respeitado. Eu queria dizer a todos, a quem interessar possa, que enquanto eu estiver à frente da ALPB não vou admitir ataques gratuitos a esse Poder", disparou.
Ricardo Coutinho afirmou que, se possível, vai até ao Supremo Tribunal Federal para tentar anular o que foi decidido pelos deputados. “Nós vamos buscar o Poder Judiciário para saber se tem ou não tem guarita a nossa pretensão”, avisou o governador. 
A revolta do Governo contra decisão dos parlamentares se deve ao fato dos deputados terem suprimido o artigo 8º da Medida Provisória 185/2011 que revogaria a Lei do Subsídio dos agentes do Fisco Estadual.
Fonte: PB Agora e Mais PB
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger