Em Sousa, Presidente do PT chama Anísio de bandido, o acusa de fraudar cadastro de pescadores e o deputado rebate em nota a imprensa.


O presidente do Partido dos Trabalhadores no município de Sousa, Gervásio Bernardo, enviou expediente ao presidente estadual da legenda, Rodrigo Soares, pedindo audiência para resolver problema interno do partido na cidade dos Dinossauros.
Na Carta, Gervásio é incisivo nas palavras e chega taxar o deputado estadual Anísio Maia (PT) de “bandido”. No documento, ele também acusou o parlamentar de promover falcatruas para realizar aliança com o PMDB em Sousa na tentativa de eleger o empresário Lafayette Gadelha a vereador.
O presidente do PT sousense também revelou que nesta segunda-feira (9), vai procurar o Ministério Público Federal para contar o suposto “esquema” montado pelo deputado Anísio Maia para fraudar o cadastro dos pescadores da cidade.
Gervásio ainda aponta na carta enviada ao presidente Rodrigo Soares que, no passado, Anísio também tentou lhe persuadir com dinheiro. “Vou mostrar quem ele (Anísio Maia) é realmente. Direi no Ministério Público Federal como Anísio e seus comparsas fraudaram o cadastro dos pescadores e como fizeram do seguro defeso, moeda de troca em plena campanha eleitoral”, disse o presidnete.
O clima no PT sousense esquentou mais ainda, após o Diretório Municipal decidir em reunião fazer coligação com o PTB do Prefeito Fábio Tyrone.

Leia abaixo na íntegra o teor da carta enviada por Gervásio Bernardo ao presidente Rodrigo Soares.

Companheiro Rodrigo. Precisamos conversar sobre a conduta do Dep. Anísio.  Desta vez ele foi longe de mais, chegando a acusar-me de vender o PT, e que o partido é meu meio de sobrevivência. O momento é de organizar o Partido, e não de fazer as sacanagens que Anísio está fazendo.
O encontro aconteceu dentro das normas estabelecidas pelo Estatuto e Regulamento, não fizemos o que o Dep. Anísio queria que era coligação com André, ou seja pela terceira vez com Gadelhas, que tinha como objetivo deles eleger um Vereador Gadelha; Lafayette que por sua vez é intimo do filho de Anísio.
Quem anda fazendo negócios com o PT é esse cidadão ai. Eu nunca fiz, aliás, rejeitei uma ajuda de custo para o PT em 2003 que Anísio havia prometido tudo porque o dinheiro seria enviado via contra-cheque de servidor  do DNOCS em Sousa.
Anísio marcou encontro comigo em posto de gasolina que fica próximo de onde ele mora ou morava, um posto na Avenida Beira Rio, e quando ele mostrou-me como seria repassado esse dinheiro, eu de pronto recusei-me a participar da falcatrua. Ele se lembra disso pode ter certeza, e agora muita gente vai ficar sabendo também quem é esse bandido, que pela terceira vez usa os microfones da rádio de Lafayett Gadelha pra mim acusar de pratica que nunca participei. Vou mostrar quem ele é realmente; direi no ministério público federal, próxima segunda como Anísio e seus comparsas fraudaram o cadastro dos pescadores e como fizeram do seguro defeso, moeda de troca em plena campanha eleitoral.

Nota de Anísio Maia à imprensa em resposta ao dirigente petista.

Caros jornalistas, com falsas informações e declarações equivocadas, o presidente do Partido dos Trabalhadores de Sousa, Gervásio Bernardo, veio a público me acusar e caluniar motivado por questões políticas paroquiais. Tendo encontrado ressonância em vários veículos de comunicação gostaria de esclarecer alguns fatos levantados por este senhor contra minha pessoa:
1. Denunciar a má gestão do dinheiro público por parte do Estado faz parte das atividades de qualquer parlamentar, seja de oposição ou situação. Entretanto, gostaria de lembrar que sempre que exerci meu papel fiscalizador, o fiz baseado em fatos e provas materiais, obtidas através de reportagens publicadas pela imprensa, imagens tiradas ‘in loco’, números e dados obtidos no Portal da Transparência do Estado, assim como no Diário Oficial. Portanto, o denuncismo não faz parte de minha atividade parlamentar, nem da política e muito menos da minha vida pessoal.
2. Em relação às declarações do senhor Gervásio Bernardo, presidente do diretório municipal do PT de Sousa, respondo lembrando que o ônus da prova cabe a quem acusa. Como cidadão, ele tem a obrigação moral de apresentar as provas que diz ter ao Ministério Público Federal (MPF), à Polícia Federal (PF) e ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), sob pena de ser cúmplice de mal feitos ou de ser desmoralizado moralmente. Pois, até agora este senhor não apresentou uma única prova e a testemunha que alegou ter é ele mesmo.
3. Lembrando que quando fui Superintendente do Ministério da Pesca na Paraíba, no período de 2003 a 2010, fiz um recadastramento geral por iniciativa própria, em conjunto com o Ministério do Trabalho e Polícia Federal. Na ocasião cortamos mais de 4.000 carteiras de pescadores ilegais. Graças a este modelo de fiscalização a Superintendência da Paraíba ditou regra para todo o Brasil e foi considerada referência no combate às fraudes nas carteiras de pescadores para o Ministério da Pesca.
4. Quero destacar que a desinformação e o preconceito contra uma categoria são tão ou mais graves quanto quaisquer denúncias contra um parlamentar ou gestor público. Este não é o primeiro aventureiro a tentar desqualificar politicamente o setor da Pesca no estado. O perigo que vejo é que uma mentira dita várias vezes possa se transformar em verdade. Será que o seguro defeso é o único benefício em que o Governo Federal contempla o setor pesqueiro? Ou ele é apenas um item a mais que compõe as políticas públicas de valorização dos que sempre foram discriminados no Brasil, como pescadores, negros, mulheres, homossexuais e pobres? No caso dos pescadores, podemos citar programas como o Profrota Pesqueira, Pescando Letras, acesso ao crédito, multirão do PRONAF, instalação de 21 Telecentros Maré, sete Fábricas de Gelo, Caminhão Frigorífico, Entreposto de Peixe Vivo, 18 quites Feira do Peixe, Programa de Incentivo ao Consumo do Pescado, PNAE, PAA, Programa de Formação e Valorização do Pescador de Lagosta dentre outros.
Agradeço o espaço concedido à minha versão dos fatos e me coloco a disposição para maiores esclarecimentos.
DEPUTADO ESTADUAL ANÍSIO MAIA-PT

Fonte: Paraíba Já com Folha do Sertão e PlenárioPB
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger