Cartório Eleitoral de Cabedelo vai abrir das 8 às 18 horas a partir desta quarta-feira (02/05)


A data limite para alistamento, transferência e regularização do Título Eleitoral é até as 23h59m do dia 09/05.
  O Cartório Eleitoral de Cabedelo estará funcionando, a partir desta quarta-feira 02/05, em horário especial que vai das 8 a 18 horas sem intervalo para o almoço. O plantão esticado visa atender os maiores de 16 anos, assim como, os que estão em divida com a justiça eleitoral e os que residem em Cabedelo mais ainda não transferiram seu domicílio e pretendam votar na próxima eleição. Estes terão até as 23h59m do dia 09/05, para fazerem seu alistamento, regularização ou sua transferência de domicílio.
Em entrevista exclusiva a nossa reportagem, o Chefe do Cartório Eleitoral de Cabedelo, Robson Cardoso Marinho, informou que diariamente estão sendo atendidas cerca de 200 pessoas. Ele acredita que esse número poderá duplicar na semana em que se aproxima a data limite (09/05) para o alistamento, transferência e regularização do título eleitoral.
A estrutura para atendimento dessa demanda também foi duplicada, “antes tínhamos apenas dois kits de biometria para o atendimento e hoje, para facilitar a vida dos eleitores cabedelenses, contamos com quatro”, disse Robson. De acordo com as informações do chefe do cartório, Cabedelo já dispõe até o momento, de 34.843 eleitores aptos a votarem. Ele acredita que esse número poderá chegar a 36.000 eleitores.
Com o sistema biométrico, o eleitor leva de 10 a 15 minutos para ficar em dia com a justiça eleitoral e, a partir desta quarta-feira 02/05, o cartório funcionará das 8 às 18 horas ininterruptamente e no dia 09/05 (data limite para alistamento, regularização e transferência), o plantão vai até as 23h59m.
Robson informou ainda que, visando a descentralização dos serviços e para atender com mais comodidade os moradores de Poço, Portal do Poço, Jacaré, Intermares, Renascer e bairros adjacentes, solicitou ao Juiz Eleitoral Dr João Machado de Sousa, um posto de atendimento para o bairro de Intermares, mas, o TRE alegando a indisponibilidade de servidores, não autorizou a instalação.
Em 2009, antes do recadastramento biométrico, o eleitorado de Cabedelo era de 38.500. Após o recadastramento, esse número caiu para 31.079 eleitores. Perguntado por quer 7.500 pessoas não se recadastraram, Robson foi enfático. “Acredito que esses não residiam em Cabedelo e com o novo sistema e as exigências de comprovação documental solicitadas na época, dificultou a eles a regularização.” Disse.
Perguntamos a Robson se essa prática não poderia continuar acontecendo, ele respondeu que “lamentavelmente, isso ainda ocorre nos dias de hoje, porem, a justiça eleitoral está mais atenta e todos os que apresentam comprovantes de residência que não estejam em seu nome, são imediatamente colocados para diligências. Segundo ele, já foi detectado, inclusive, algumas irregularidades, essas tentativas de fraudes, são encaminhadas para abertura de inquérito na Polícia Federal e as pessoas apanhadas nestas tentativas, além de processadas, ficam sem poder votar na próxima eleição. Ela terá o seu título normalmente, mas, seu nome não constará nas listas de aptos a votarem em 2012.” Afirmou Robson
O Chefe do Cartório mandou um recado para os políticos e eleitores que pretendem fazer uso desta prática. “Vão se dar mal aqueles que pensarem que em virtude da demanda e de estarmos assoberbados de serviços, vamos relaxar na fiscalização e facilitar para aqueles que pretendem insistir nessa prática, digo, tomem cuidado, evitem esse constrangimento de responderem a um processo e não acreditem em nosso relaxamento. Estamos atentos e vamos fiscalizar todos que não dispuserem de comprovantes de residência em seu nome e, se constatarmos irregularidades, não compactuaremos com isso e encaminharemos todos a justiça. Esse é meu compromisso desde que aqui cheguei.” Pontuou ele.
Tirar o título e votar em uma cidade sem nela residir, apenas para favorecer amigos ou familiares, é crime eleitoral punível com 2 anos de prisão e, os que incorrerem nessa prática, poderão ainda ficar sem poder viajar, terão que recolherem-se até as 10 horas a sua residência e comparecer uma vez por mês a justiça. Realmente, não vale a pena.
Texto e foto: Aguinaldo Silva
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger