Rede SOS Mulher realiza hoje em Sumé o “Grito da Mulher” Caririzeira com a participação de 12 Municípios do cariri


Com a atividades que envolve cerca de 12 Municípios do cariri paraibano, a Rede SOS Mulher encerrará sua programação, hoje(08/03) na praça José Américo no centro de Sumé apartir das 16h30, quando estará sendo lançado o Manifesto da Mulher Caririzeira e a Carta das Mulheres do Cariri, à Secretária Nacional de Políticas Publicas Para as Mulheres, Eleonora Menicucci com cópia a Presidente da Republica Dilma Rousseff e ao Governo do Estado com uma pauta de reivindicações e solicitação de audiência. A carta circulará  durante os meses de março e abril, quando espera-se que cinco mil mulheres assinem e se tornem remetentes, ou seja, mais um parceira da Rede SOS Mulher.
Segundo Darloza Braga, uma das coordenadoras do Movimento Rede SOS Mulher, o cariri não poderia ficar calado diante da violência e a inexistência de políticas públicas. Como sabemos, ‘o silêncio é cúmplice da violência e pai da impunidade’, portanto é fundamental que todas as mulheres e a sociedade civil organizada do cariri paraibano denunciem a violência contra as mulheres e reivindique programas culturais, sociais, financeiros e econômicos que invistam desde a melhoria da auto-estima da mulher caririzeira, até produção, individual, ou coletiva (urbana e rural), principalmente para as famílias que a mantenedora é a mulher (viúva, separada, e ou deixada pelo homem que teve que viajar para o sul em busca da sobrevivência)”. Frisou.
Darloza, ainda destacou que  de fato as mulheres obtiveram diversas conquistas nos últimos anos, a exemplo da Lei Maria da Penha que indiscutivelmente, é a mais importante conquista, após, o direito de votar e de ser votada da mulher brasileira, no entanto para que seja aplicada se faz necessário: Casas de Abrigo, Centros de Referência (atenção social, psicológica e orientação jurídica), Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher, Juizados Especializadas, Varas Adaptadas, Defensorias e Promotorias Especializadas, Serviços de Responsabilização e Educação do Agressor, e as Secretarias Municipais de Políticas Publicas Para Mulheres, integradas as já existentes, a nível estadual e nacional desenvolvendo em conjunto com a sociedade civil organizada, políticas publicas que permitam o fim de quaisquer formas de discriminação contra mulher. E finalizou, Hoje no dia Internacional da Mulher ouviremos o ‘Grito da Mulher Caririzeira’ em consonância com as mulheres de todo o mundo em forma de ato publico e iniciaremos uma campanha de reivindicações”. Finalizou, Darloza Braga.

Fonte: Assessoria da Rede SOS Mulher
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger