Veja Como ficou o tabuleiro político e partidário de Cabedelo após o encerramento do prazo para mudanças de partido e de domicílio eleitoral

Leto e Luceninha se unem, filiam-se ambos ao PMDB e comporão a chapa majoritária do partido para prefeitura de Cabedelo nas eleições municipais de 2012. A chapa pode Ser Luceninha e Leto ou Leto e Luceninha. Uma pesquisa irá definir.
Após o termino do prazo para a filiação dos que pretendem candidaturas nas eleições de 2012. E, depois do Tsunami causado pela filiação de Trócolli ao PSD, fez com que o tabuleiro político fosse mexido, provocando a migração de várias lideranças de um partido para outro. Eis que, entre mortos e feridos, salvaram-se todos. Os xeque-mates não foram suficientes para encerrar a partida e o jogo continua. O cenário político é que foi modificado.
Leto Viana foi o primeiro a ser atingido pelo Tsunami Trócolli Júnior que lhe tomou o PSD, partido pelo qual iria concorrer a prefeitura. Viana anunciou que iria para o PDT, mas, de última hora, fechou um acordo político e filiou-se no PMDB com todos os que lhe seguiam no PSD e no PPS.
Luceninha também foi atingido e viu escorregar de suas mãos a legenda pela qual disputou no pleito de 2008, o PRB, partido onde o ex-senador e proprietário do Sistema Correio, Roberto Cavalcante (sogro de Trócolli) exerce grande influencia e jamais permitiria a continuidade de sua candidatura. Luceninha aceitou disputar a indicação através de uma pesquisa, selou um acordo com Leto Viana e ficou no PMDB. Ambos formarão a chapa: Luceninha e Leto ou Leto e Luceninha. Uma pesquisa vai indicar o prefeito e o vice entre eles.
Sebastião Plácido foi para o PCdoB e disputará com Ricardo Taboza a indicação do partido para a candidatura majoritária. Sebastião não aceitou sua indicação para compor a Comissão Provisória do PSB alegando que não foi consultado, não era filiado e, segundo ele, na comissão encaminhada pela estadual ao TRE, jamais venceria quaisquer tezes.
Wellington Brito garantiu o comando local do PSB e pavimenta sua indicação. Contabilizou 62 candidatos a vereador nos partidos de seu leque de apoios. Mas, poderá ter ainda que disputar uma prévia partidária com Marcos Patrício que continua filiado na legenda, avisa que matem sua candidatura e é mais candidato do que antes. Marcos é membro da estadual e pode requerer que o partido tenha a indicação definida em uma prévia. A Comissão Provisória do PSB tem até 02 de maio de 2012 (data da sua vigência) para organizar o Diretório Municipal e o diretório eleito é quem conduzirá o processo e a convenção partidária.
Ramalho Pinto que recentemente lançou sua candidatura no PDT (partido que elegeu o atual prefeito Zé Régis) esteve ameaçado pela ida de Leto a legenda, o que terminou não acontecendo, deixando Ramalho mais próximo da indicação. Pinto é aliado histórico de Zé Regis, mas, se não convencer seu companheiro de partido Wellison Silveira, a desistir da candidatura, terá que concorrer à indicação com o mesmo.
O PSC do Engenheiro Quintans e o PMN do Jornalista Paulo Nogueira e do ex-vereador Dema, permaneceram inalterados. Quintans já tem certa sua indicação. Porem, Dema e Nogueira, terão ainda que definir, qual dos dois será o indicado. O PSC filiou lideranças de peso e que serão em breve apresentadas como candidatos proporcionais da legenda. Quintans pretende agora consolidar o partido na cidade e construir um programa de governo para tirar Cabedelo do atraso em que se encontra. "Vamos focar na família e no ser humano em primeiro lugar". Concluiu ele. 
No PT existe um movimento para indicar Anísio Maia candidato a prefeito, mas, encontra a resistência do diretório municipal que tem outros planos para a legenda na próxima eleição. Divino e Fabiano assinaram nota repudiando a candidatura de Anísio que não se abalou e domiciliouse na cidade.
Comenta-se a boca miúda que este quadro poderá ser enxugado. O PSB indicaria o vice de Trócolli e atrairia o PDT de Ramalho. Já Leto e Luceninha poderão atrair Dema, Paulo Nogueira e o Empresário Quintans. Reduzindo para apenas três candidatos à disputa majoritária. Quintans afirma que não apostem em sua desistência, “vamos até o final e vamos conquistar a prefeitura. O povo de Cabedelo já sabe o que quer”. Disse. “Fiquem peixe, deixe que o povo decida”. Concluiu. Peixe é o símbolo de seu partido, o PSC.
Lúcia Braga terminou domiciliada em Cabedelo e filiada ao PSD, talvez para ser vice de Trócolli. Lúcia Braga ainda é muito querida em Cabedelo. Principalmente, no Renascer, bairro que foi construído no governo Wilson Braga, a pedido dela.
Concretamente, a preço de hoje, poderemos afirmar que estão postas as seguintes candidaturas: Trócolli Júnior (PSD), Leto ou Luceninha (PMDB), Marcos Patrício ou Wellington Brito (PSB), Sebastião Plácido ou Ricardo Taboza (PCdoB), Ramalho Pinto ou Wellison Silveira (PDT), Dema ou Paulo Nogueira (PMN) o Engenheiro Quintans (PSC) e Anísio Maia (PT), se o partido deixar.
Texto: Aguinaldo Silva
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger