MP e SPU notifica donos de bares da Praia do Jacaré para desocuparem a área

 Um dos principais pontos turísticos do Estado pode ser drasticamente alterado em menos de um mês. A Superintendência do Patrimônio da União (SPU) pretende retirar quatro dos principais bares e restaurantes da orla da Praia do Jacaré até o dia 4 de junho. Os proprietários já foram notificados pela SPU e devem recorrer à Justiça para reverter a situação.
Os estabelecimentos comerciais Jacaré Grill, Golfinho, Maria Bonita e Bombordo receberam a notificação da SPU, dando conta de que têm que desocupar a área até o dia 4 de junho. O presidente da Associação dos Bares e Restaurantes da Praia do Jacaré, Leonardo Mendes, em entrevista à Paraíba FM, disse que os proprietários vão se mobilizar para tentar reverter a situação.
Não podemos deixar que um espetáculo internacional seja interrompido assim, sem mais nem menos. Se houver a remoção dos estabelecimentos da praia do jacaré, o por do sol, vai se apagar. Estamos tentando mobilizar todos os poderes e todas as pessoas interessadas e envolvidas no desenvolvimento turístico da Paraíba”, explicou Leonardo, que também é dono do restaurante Bombordo.
Ainda de acordo com Leonardo, cerca de 10 mil pessoas, que estão ligadas de forma direta ou indireta ao movimento comercial do local, serão prejudicados com a retirada dos bares e restaurantes. Ele explicou que os bares e restaurantes que estão na Praia do Jacaré estão contemplados pelo projeto que a Prefeitura de Cabedelo está executando. “Nós atendemos às exigências do Patrimônio da União e pretendemos nos adequar ao que for preciso para desenvolver o turismo do Estado. Mas, retirar as barracas só prejudica o turismo paraibano".
A Associação dos Bares e Restaurantes da Praia do Jacaré, através de Leonardo Mendes, usará de meios jurídicos para tentar conseguir que os estabelecimentos permaneçam no local. “A gente já tem uma assessoria jurídica constituída em defesa da causa do turismo da Paraíba. Esse projeto de remoção dos bares e restaurantes não prejudica só os comerciantes, mas o turismo do Estado”, acrescentou Leonardo.
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger