Em visita oficial a Campina Grande Ricardo Coutinho constata o caos no hospital regional da cidade.

O governador Ricardo Coutinho (PSB), em sua primeira visita oficial a cidade de Campina Grande, inspecionou o Hospital Regional da Rainha da Borborema na tarde desta quarta-feira (6). Acompanhado do vice-governador Rômulo Gouveia (PSDB), os secretários Mário Toscano (Saúde), Waldson de Souza (executivo da Saúde) e Adriano Galdino (Interiorização), além dos deputados Romero Rodrigues (PSDB) e Damião Feliciano (PDT), além de vereadores e autoridades médicas, Coutinho encontrou uma situação calamitosa: uma UTI com goteiras, moscas e cinco leitos desativados.
A visita durou aproximadamente uma hora e o governador esteve nos setores vitais do Hospital, entre eles a UTI. Onde terminou a visita criticando a administração de Veneziano Vital do Rego (PMDB). “O município de Campina Grande deveria tomar conta de seus pacientes, o que hoje não faz. Se o município assumisse os seus pacientes como eu fiz em João Pessoa iria desafogar principalmente as cirurgias eletivas (as marcadas com antecedência). Isso aqui não é um hospital, a situação é precária”, disse. Segundo Coutinho, falta à Prefeitura de Campina Grande ater-se a um sistema de pactuação, onde se define que o que o Estado não faz, quem faz é o município.
O governador determinou ao secretário da Saúde, Mário Toscano, em caráter de emergência, que fossem localizadas unidades privadas com as quais fosse possível fazer uma parceria para desafogar o Hospital Regional. Também pediu que fosse feita uma avaliação do hospital de Queimadas, que fica a dez quilômetros de Campina Grande, a fim lhe dar um aporte da estrutura e física adequada para receber as cirurgias eletivas que fossem encaminhadas de Campina.
O Hospital Regional de Emergência e Trauma de CG Dom Luiz Gonzaga Fernandes atende em média 350 pessoas diariamente, que buscam assistência médica. São absorvidos pacientes de 34 municípios da região da Borborema e, inclusive, de Pernambuco.
Na madrugada desta sexta-feira (7), o Governador usou o Twitter para detonar a situação do Hospital Regional de Campina Grande, que apesar de inaugurado no final do mandato do ex-governador José Maranhão (PMDB) ainda está sem funcionar. “Fiz uma visita ao Hospital Regional de Campina Grande. Caos. Compromete e é comprometido por todo o sistema. Mesmo sem dinheiro, vamos agir”, escreveu Ricardo.
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger