Reunião de Ricardo com Maranhão durou apenas 21m e nenhum dado foi repassado ao governador eleito.


O governador eleito Ricardo Coutinho sai insatisfeito da reunião e Maranhão informa que só entregará os primeiros dados na próxima semana. 



Durou apenas 21m36s a reunião entre o governador José Maranhão (PMDB) e o governador eleito Ricardo Coutinho (PSB), na manhã desta sexta-feira (19), no Palácio da Redenção, em João Pessoa. Ricardo não saiu satisfeito da reunião, mas reagiu com educação sem entrar em detalhes sobre a real situação do Estado. “Só vou falar sobre isso quando receber todas as informações, que espero serem repassadas pelo governador José Maranhão”, disse Ricardo. 

          Ao final do encontro, Ricardo conversou com a imprensa e disse que sua proposta ao governador foi um fim de governo em que ele pudesse acompanhar ativamente todas as ações do Estado, incluindo contratações e compras, além de estar atento para todas as decisões na reta final deste governo. Para Ricardo, não se pode resumir a transição de governo a entrega de relatórios da situação do Estado, adiantando que o governador não se mostrou receptivo à sugestão de governo “a duas mãos” e acrescentou que, mesmo sem a boa vontade esperada, a sua equipe de transição, formada por cinco pessoas, já dispõe de 95 por cento dos dados sobre o governo e sua atuação. “O que nós queremos é fazer a transferência de gestão, para que a população não sofra com a mudança do governo. É importante que as pessoas percebam que a transição é uma necessidade para que não haja prejuízo para a população”, afirma o governador eleito Ricardo Coutinho. “Vou esperar e só vou falar sobre a real situação do Estado quando receber as informações de forma oficial. Mas nós já sabemos o que está acontecendo”, observa.
           Sobre o assunto, José Maranhão prometeu que na próxima semana entrega de forma oficial os primeiros dados do governo à comissão de transição indicada por Ricardo Coutinho. Acrescentando que "não pode haver 'transferência de gestão', isso não é previsto na Constituição e só vai acontecer no dia 1º de janeiro". O atual governador completou que ele é o responsável por seu governo até o último dia desse ano. O encontro contou também com a participação dos integrantes das comissões de transição indicados pelo peemedebista e pelo governador eleito para iniciar a troca de informações. Ricardo apresentou ofício solicitando informações necessárias para o funcionamento da Rede Hospitalar Estadual e outro solicitando a prorrogação de vários convênios existentes entre o governo da Paraíba e o Federal. Maranhão disse que “a preocupação de Ricardo é válida, mas que essa medida já foi tomada. Todos os convênios já foram renovados”. Afirmou. No documento protocolado por Ricardo, há uma lista de convênios firmados entre os governos estadual e federal que são referentes a várias obras em todo estado.


Veja outras fotos da reunião
 
 
 
 
 

Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger