Eleições 2010: Dom Aldo nega divulgação de vídeo contra PT

Após a polêmica envolvendo a divulgação de um vídeo no qual o arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, afirma que o PT e a candidata do partido à presidência, Dilma Rousseff, tentam implantar uma “cultura de morte” no Brasil, ao supostamente defenderem o aborto, a Pastoral de Comunicação da Arquidiocese da Paraíba emitiu, nesta quarta-feira, dia 13, uma nota de esclarecimento sobre o fato, informando que não partiu da Arquidiocese a iniciativa de postar o vídeo no canal online YouTube.
De acordo com a nota, as imagens foram publicadas por uma instituição do Sudeste, conhecida como Pró-Vida, que tinha vindo a João Pessoa gravar um documentário sobre a defesa da vida. “Três representantes dessa instituição vieram a João Pessoa especialmente para fazer a gravação dizendo ser para um documentário sobre a defesa da vida. Lamentamos que essas pessoas tenham agido de má-fé divulgando o vídeo na íntegra e ainda fazendo entender que havia sido uma iniciativa do próprio arcebispo”, diz a nota.
Segundo a assessoria da Arquidiocese, houve má-fé da suposta instituição que procurou Dom Aldo Pagotto pedindo para que fosse gravada uma mensagem a favor da vida. A promessa era a de que ela seria editada e apenas alguns trechos seriam utilizados no documentário. O religioso, por isso, assegura que não partiu da Arquidiocese da Paraíba a publicação do vídeo no YouTube. A assessoria alega, ainda, que Dom Aldo foi vítima de uma armação, com o intuito de denegrir a sua imagem em um momento delicado como o do período eleitoral.
A Arquidiocese da Paraíba disse esperar uma explicação para o ocorrido por parte das pessoas que fizeram a gravação e a “compreensão de todos para com esse momento tão delicado pelo qual passa o nosso pastor que, ao gravar a referida mensagem, quis somente deixar claro que defende a vida em todas as suas instâncias”. No vídeo, com 15 minutos de duração, o arcebispo afirma que, “desde que chegou ao poder, em 2003, o PT assumiu como projeto de governo a completa legalização do aborto no Brasil”.

Leia a Nota de esclarecimento.

A Pastoral e Assessoria de Comunicação da Arquidiocese da Paraíba esclarece que, ao contrário do que está sendo noticiado, o vídeo postado no YouTube com declarações do Arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, sobre o aborto, não foi postado pelo próprio Arcebispo nem pela Arquidiocese.
O depoimento do Arcebispo foi gravado por uma instituição para um documentário sobre a defesa da vida.
Esperamos a compreensão de todos para com esse momento tão delicado pelo qual passa o Nosso Pastor, que, ao gravar a referida mensagem, quis somente deixar claro que defende a vida em todas as suas instâncias.
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger