Veja o que disse o deputado em tribuna:

Estou sendo indagado ultimamente por conta de um projeto de resolução, aprovado por unanimidade pelos representantes do povo da Paraíba, que faz com que ao iniciar as nossas sessões na Assembléia Legislativa da Paraíba seja lido um trecho bíblico e feito uma reflexão sobre o mesmo.
Venho aqui humildemente tecer alguns comentários sobre o assunto, ao mesmo tempo, que de público agradeço os inúmeros e-mails e telefonemas que recebi de todo o Brasil, de toda a bancada evangélica do congresso nacional, até de pessoas que estão nos Estados Unidos me parabenizando pela coragem.
Estão questionando que o parlamento não é lugar de ler a bíblia e muito menos refleti-la com argumentos do laicismo do Estado. Mas será que não? Num discurso recente do Dep. Paes Lira- SP, ele citou uma fala do discurso proferido em maio de 1948 pelo ilustre Deputado Goffredo da Silva Telles, tão homenageado no Congresso Nacional, recentemente falecido. Dizia assim quando falava a respeito dos símbolos cristãos existentes no congresso especificamente a Cruz e a Bíblia:
“Já observei aqui, em outras ocasiões, que o Estado brasileiro não é tão laico assim; afinal de contas, no preâmbulo da Constituição da República está escrito que é promulgada sob a proteção de Deus, e o Regimento Interno traz dispositivos que evidentemente dão sustentação a essa tese.
Lembro que, na verdade, esses símbolos estão aqui a nos alertar que devemos satisfação não apenas ao povo, mas a um poder muito mais elevado. É bom que assim seja, porque somos os responsáveis pelas leis brasileiras. Concluía então, em maio de 1948, o Deputado Goffredo da Silva Telles:
O que podemos concluir com esta fala? Toda lei saída deste Parlamento que não esteja em conformidade com a natureza do homem e da sociedade será letra morta.
Que digo: letra morta? Será extirpada e banida da vida nacional. Eis por que não hesito em acrescentar: Cristo não está só no alto. Cristo está em toda parte. E a lei, o direito e o Estado não podem vir de cima para baixo como rolo compressor, impondo uma ordem imaginária. Lição de humildade, compreensão e amor, tal é o sentido da sacrossanta imagem que hoje entronizamos nesta sala. Em nenhum lugar estaria melhor do que aqui.
Diante de nossos olhos, tal imagem constitui uma viva, uma vivíssima advertência: Legisladores do Brasil: a vaidade humana crucificou o mais justo de todos os homens.
"Essas foram as palavras de Goffredo da Silva Telles. Há mais de 60 anos esses símbolos estão aqui entronizados, a nos fazer esse alerta permanente. Muito obrigado. Concluiu Deputado Paes Lira.”
Digo eu agora: A Bíblia é um instrumento de transformação espiritual e social, além de fonte de conhecimento e educação. Base cultural e do pensamento filosófico de toda a civilização ocidental, o Livro Sagrado contém, ainda, valores éticos capazes de auxiliar na construção de uma sociedade mais justa, pacífica e harmônica.
Tendo como base esses princípios, eu me incumbo da missão de: "Difundir a Bíblia e a sua mensagem a todas as pessoas e a todos os grupos sociais como instrumento de transformação espiritual, de fortalecimento de valores éticos e morais e de incentivo ao desenvolvimento cultural e social."
Num momento atual de tanta devassidão e tristeza de tanta violência e desconstrução social, onde as pessoas desconhecem o valor da vida. Há pouco vivenciamos o terror da chacina do Rangel; onde um homem teve a coragem de matar 07 pessoas de uma mesma família!!! Em que mundo estamos vivendo!!! E ao perguntar a opinião pública, o que ouvimos, “A ÚNICA COISA QUE PODE EXPLICAR TAMANHA CRUELDADE É A FALTA DE DEUS NAQUELE HOMEM.” Não foi eu quem falou isso : é o próprio povo! E algumas pessoas dizem que não é oportuno, eu respondo para estes com o que Paulo disse a Timóteo: “CONJURO-TE, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino, Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.” II Timóteo 4
É .... parece que esse tempo chegou... ta dando comichão nos ouvidos de muitos!!!! Mas ainda digo outro versículo da Bíblia que esta exposto em um banner no meu gabinete: Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê. Romanos 1:16.
Meus senhores e minhas senhoras, Deputados e telespectadores da TV Assembléia: digo como disse o ministro Joe Wright ao abrir a nova sessão do Senado de Kansas, todos estavam esperando o tradicional discurso, mas isso foi o que eles ouviram: Pai celeste, nós estamos diante de Ti hoje para pedir Teu perdão e para buscar Tua direção e liderança.
· Nós sabemos que Tua palavra diz, 'Cuidado com aqueles que chamam o mal de bem,' mas isto é exatamente o que temos feito.
. Nós perdemos nosso equilíbrio espiritual e revertemos nossos valores.
· Nós exploramos os pobres e chamamos isso de loteria.
· Nós recompensamos preguiça e chamamos isso de bem-estar.
· Nós cometemos aborto e chamamos isso de escolha.
· Nós concordamos com os que são a favor do aborto e chamamos de justificável.
· Nós negligenciamos a disciplina de nossos filhos e chamamos isso de construção de auto-estima.
· Nós abusamos do poder e chamamos isso de política.
· Nós invejamos as coisas dos outros e chamamos isso de ambição.
· Nós poluímos o ar com coisas profanas e pornografia e chamamos isso de liberdade de expressão.
· Nós ridicularizamos os valores dos nossos antepassados e chamamos isso de iluminismo.
· Sonda-nos, oh, Deus, e conhece os nossos corações hoje; nos limpa de todo pecado e nos liberta.
É triste ver como o material imoral, obsceno e vulgar corre livremente na internet, mas uma discussão pública a respeito de Deus é suprimida rapidamente na escola e no trabalho e criticada na mídia e por pessoas que se dizem moderna e respeitar a laicidade de um país.
Dou por encerrado o meu pronunciamento agradecendo somente a Deus por mais essa oportunidade. Obrigado.
Após o discurso o deputado Nivaldo Manoel foi aparteado por sua colega de plenário, Deputada Socorro Marques, que disse lamentar que as pessoas só procurem Deus em momentos de dificuldade.
Compartilhe este artigo :

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger